Brasil bate recorde e chega a mais de 70 milhões de endividados

O Amazonas tem 55% da população endividada, e é o primeiro da lista entre os Estados

Brasília – O Brasil alcançou um recorde e possui mais de 70 milhões de inadimplentes neste primeiro mês em 2023. Em pesquisa divulgada pelo Serasa Experian, cerca de 252 milhões de dívidas estão ativas e em média, o CPF do inadimplente tem entre 3 a 4 dívidas ativas. O valor somado das dívidas ativas no Brasil, chega a um valor de 323 bilhões de reais, valor que representa o Produto Interno Bruto (PIB) de Santa Catarina ou o PIB da Sérvia.

(Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil)

“Estamos em um maior pico de inadimplência no Brasil. Se olharmos retroativamente, tivemos alguns picos, como na pandemia, que chegamos a quase 66 milhões de brasileiros inadimplentes, mas com os pacotes do governo, como o auxílio emergencial, conseguiu se manter o número até o quarto semestre de 2021. O problema encontrado agora foi a inflação.” disse o economista-chefe do Serasa Experian, Luiz Rabi.

Na avaliação do Serasa, não só o valor médio das dívidas aumentaram, mas o número de contas dos inadimplentes aumentou. Para o endividado ficar com o nome limpo, o Serasa informou que, em média, o endividado terá que desembolsar R$ 4,600. Segundo os especialistas, geralmente a renda não consegue andar junto com o aumento das dívidas. No ticket médio, o Distrito Federal, com R$7.027, teve o maior valor entre os Estados na lista para desembolsar essa dívida. 

Os bancos e financeiras das pessoas físicas estão entre os principais agentes das dívidas dos brasileiros, mas entre eles, as financeiras tiveram um aumento de 7,60 % para  16,10%, que preenche quase 50% das dívidas ativas no Brasil junto com os bancos.

Segundo a pesquisa, as mulheres representam 36 milhões dos inadimplentes, maior quantidade mesmo tendo um ticket menor. No aumento dos inadimplentes por idade, o número de idosos teve um aumento, quase 12 milhões de idosos estão endividados.

Entre os Estados, o Amazonas, com 55% da população endividada, lidera a pesquisa dos Estados com maior parte de população endividada, seguido de Rio de Janeiro, Amapá e Distrito Federal.

“Um dos problemas no Amazonas e como também no Rio de Janeiro é a renda per capita, porque é um estado de estagnação. De todos os estados que estão em alta, teve as dificuldades econômicas vindas da pandemia, quem não lembra da segunda onda que o Amazonas viveu e que anda em recuperação. Esses são fatores que deixam o Estado na ponta da lista.” informou o economista-chefe do Serasa Experian, Luiz Rabi.

Limpa Nome

A gerente da plataforma Serasa, Aline Maciel, ressalta que o Brasil está com o cenário bem crítico de inadimplentes, mas de forma digital o inadimplente consegue ver e parcelar em um único lugar a sua dívida. 

“O feirão é um movimento com empresas para desconto e parcelamentos. Foram 4 cidades que estivemos no ano passado. Nós batemos o recorde seja de forma online ou presencial. O feirão tem um impacto nos inadimplentes, tivemos uma queda no período de novembro e dezembro e começamos hoje o feirão de forma online, para visualizar as empresas e os descontos.” informou a gerente

Os especialistas da Serasa alertam aos canais falsos e que o consumidor preste atenção nos canais oficiais, para não gastar o dinheiro que já não tem. 

Anúncio