Consulta ao 2º lote de restituição do Imposto de Renda é liberada nesta quinta-feira

Os pagamentos, no valor total de R$ 6,3 bilhões, serão depositados no dia 30 de junho

São Paulo – A Receita Federal libera nesta quinta-feira (23), às 10h, a consulta dos contribuintes contemplados no segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022. Os pagamentos, no valor total de R$ 6,3 bilhões, serão depositados no dia 30 de junho.

(Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Nesta etapa de pagamentos, aparecem 2,69 milhões de contribuintes membros dos grupos que têm prioridade no recebimento. Figuram também entre os contemplados 2,77 milhões de contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 19 de março.

Entre os prioritários, 87.401 contribuintes são idosos acima de 80 anos, 675.495 têm entre 60 e 79 anos, 48.913 apresentam alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 661.831 são contribuintes cuja maior fonte de renda é o magistério.

Os contemplados neste segundo lote receberão a restituição com acréscimo de 1% em relação ao valor indicado no momento da entrega do documento, referente à variação mensal da taxa Selic. Quem não receber neste mês ainda poderá ser beneficiado em julho (dia 29), agosto (dia 31) ou setembro (dia 30).

A liberação da consulta ficará disponível na página da Receita na internet ou por meio do aplicativo Meu Imposto de Renda. Nos sistemas, o contribuinte descobre se a sua restituição foi liberada, se ainda está sendo processada ou se existem pendências que impedem a restituição. Nesse caso, as correções podem ser feitas por meio de uma declaração retificadora.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de 12 meses, deverá requerê-lo pelo portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Anúncio