Decon-AM alerta sobre prática irregular em postos de Manaus

Delegacia informou que verificou frentistas colocando gasolina aditivada no lugar da comum, sem o conhecimento dos proprietários de veículos

Manaus – A Delegacia do Consumidor (Decon) divulgou alerta, nesta sexta-feira (9), sobre prática ilegal em alguns postos de combustíveis, quando o consumidor pede para abastecer o tanque do veículo com gasolina comum e o frentista insere gasolina aditivada, sem a solicitação do dono do veiculo ou sem informar o tipo de gasolina que está sendo inserida no carro.

O consumidor não é obrigado a pagar o valor do combustível diferente do que ele solicitou para abastecer o carro (Foto: Arquivo/ABr)

Outra prática identificada também pela Decon ocorre quando o consumidor só informa que quer abastecer com gasolina e o frentista, sem perguntar ao consumidor, insere a gasolina de maior valor.

O delegado da Decon, Eduardo Paixão, alerta que tais práticas lesam os consumidores e que o Código de Defesa do Consumidor garante o direito da livre escolha e da informação exata sobre o produto. O frentista deve informar o valor e perguntar o tipo de combustível que o consumidor deseja, jamais induzir o cliente a erro para auferir mais lucro.

O consumidor, continua o delegado, deve buscar os meios legais para fazer valer seus direitos, inclusive denunciando na Decon, recusando-se a pagar pelo produto não solicitado e obrigando o posto a cobrar pelo preço do produto de menor valor.

Denúncias podem ser feitas nos telefones (92) 99962-2731 e 3214-2264, o disque-denúncia da Decon.

Anúncio