Dia das Crianças terá venda maior, diz CDL

A expectativa do varejo é um aumento de 1,98% nas vendas, em relação ao ano passado, conforme pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus)

Manaus – Com a aproximação do Dia das Crianças, nem a pandemia intimidou os consumidores de Manaus que começaram a procura antecipada dos presentes para a data. Este ano, a data marca o terceiro período sazonal desde a chegada da pandemia ao Brasil. A expectativa é um aumento de 1,98% nas vendas, em relação ao ano passado, conforme pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus).

Estimativa dos comerciantes é de vendas quase 2% acima do ano passado, mesmo com a crise (Foto: Jael Lucena/Divulgação)

O ‘Dia das crianças’ está em alta, sendo considerado pelos empresários e lojistas como o período com mais vendas no ano depois de junho. Após períodos de baixa no comércio como o dia das mães, devido ao pico da pandemia e fechamento das lojas físicas, o Dia das Crianças está em alta sendo considerado pelos empresários e lojistas como o período com mais vendas no ano depois de junho, como afirmou o gerente comercial Felipe Sanches.

“Passamos quatro meses fechados, então perdemos o dia das mães e outras sazonalidades. No dia das crianças percebemos que tanto o consumidor final quanto os revendedores e atacadistas chegaram com força nesta época. Isso significa que o cliente já busca os produtos antecipadamente para compensar as baixas de alguma forma então já percebemos um acréscimo. Está sendo como um período de recuperação”, afirmou Sanches.

Realizada todos os anos pela CDL Manaus, a Pesquisa de intenção de compras para o Dia das Crianças 2020 foi realizada entre os dias 8 e 18 de setembro e entrevistou 600 pessoas. O levantamento aponta aumento na procura por brinquedos e baixa na procura por roupas com relação ao mesmo período do ano passado. O fato está diretamente ligado à pandemia, como explicou Azury Benzyon, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Manaus.

“Brinquedos estão sendo os itens mais procurados. Queríamos entender que tipo de brinquedos as pessoas estão procurando. Entre os brinquedos houve um crescimento muito grande entre videogames e tablets que são itens que as crianças querem ganhar. Por outro lado os pais estão indo na contramão e querem dar um skate, uma bicicleta e itens que incentivem os filhos a saírem um pouco de casa. Esses são efeitos da pandemia”, afirmou Benzyon.

Anúncio