Divulgado resultado final de seleção de estágio de Pós-Graduação na DPE

Aprovados devem aguardar a convocação, que será feita por e-mail 

Manaus – A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), por meio da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (Esudpam), divulgou nesta quarta-feira, 19, no Diário Oficial Eletrônico da DPE-AM, o resultado final do Processo Seletivo de Estágio (PSE) em Pós-Graduação em Direito.

(Foto: Divulgação)

Os candidatos aprovados são: Jhonathas Marques Guimarães, Jessica Loise Vasconcelos Borges, Luiz Gustavo Silva Ribeiro, Welton de Souza Maciel, Marcia da Silva Souto, Luisa dos Santos Torres, Vanessa Serra Carnaúba Feitoza, Isabella Neves Pinto, Isabelle Moreira Chagas, Vinicius Assis Alves, Vitor Souza da Silva. 

A lista e outras informações foram publicadas no Diário Oficial de 19 de outubro de 2022, que pode ser acessado no link.

O PSE oferece 10 vagas, sendo uma reservada para pessoa com deficiência e três para negros, pardos, quilombolas e indígenas e formação de cadastro reserva.  Os aprovados terão uma bolsa-auxílio no valor de R$ 2.032, além do vale transporte no valor R$167,20.

A convocação será feita de acordo com a necessidade do órgão, e o aviso será enviado para o e-mail cadastrado no momento da inscrição, assim como demais orientações sobre o envio da documentação necessária para formalização do contrato de estágio. 

Estágio de Pós-Graduação 

O Programa de Estágio de Pós-Graduação em Direito proporciona a bacharéis em Direito o conhecimento teórico e prático nas áreas de atuação da DPE-AM. O programa caracteriza-se como treinamento em serviço, abrangendo atividades de ensino, pesquisa e extensão, geridas pela Esudpam, e não criará vínculo empregatício entre o aluno estagiário e Administração Pública.

Os alunos estagiários deverão assistir a aulas, palestras, além de desempenhar outras atividades organizada pela Escola, bem como receberão orientações teóricas e práticas sobre o funcionamento da Defensoria, realizando atividades de apoio às defensoras e defensores, no exercício de suas funções, tais como pesquisas de legislação, de doutrina e de jurisprudência, preparação de minutas de ofícios, pareceres, relatório, peças profissionais, memorandos e demais peças jurídico-administrativas. 

Anúncio