Instituto Mamirauá abre chamada pública com bolsas de até R$ 5.200

São oferecidas 19 vagas. Entre as formações procuradas para as vagas estão áreas como Biologia, Veterinária, Agronomia, Gestão de Políticas Públicas e Economia

Manaus  – Estão abertas as inscrições para a seleção de especialistas, pesquisadores e técnicos para a execução de projetos de pesquisa do Instituto Mamirauá, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). No total, a chamada pública nº 01/2019 oferece 19 vagas. Os valores da bolsa variam de R$ 2.860 a R$ 5.200.

Os novos bolsistas realizarão projetos de pesquisa em unidades de conservação na Amazônia Central, Estado do Amazonas, onde o Instituto Mamirauá atua. (Foto: Leonardo Lopes/Divulgação)

Entre as formações procuradas para as vagas estão áreas como Biologia, Veterinária, Agronomia, Geografia, Arqueologia, Química, Engenharia (Florestal, Sanitária, Elétrica ou Ambiental), Gestão de Políticas Públicas e Economia.

Leia também: Inpa lança chamada pública para 48 vagas com bolsas de até R$ 5.200 

Os pesquisadores executarão seus projetos nas diferentes linhas de pesquisa do Instituto Mamirauá, entre elas: biodiversidade e ecologia de espécies amazônicas, manejo de recursos naturais e tecnologias sustentáveis, organização social e governança socioambiental, práticas arqueológicas e gestão de patrimônio cultural, geotecnologias e gestão territorial.

O candidato deve ter disponibilidade para residir no local de desenvolvimento da pesquisa e sempre que necessário viajar às unidades de conservação onde o Instituto Mamirauá desenvolve suas pesquisas, para acompanhar ou desenvolver atividades de campo. Os candidatos devem atender aos itens da chamada pública e enviar sua inscrição para o e-mail chamadapublica.pci@mamiraua.org.br.

Instituto Mamirauá

O Instituto Mamirauá é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). Fundada em 1999, a organização é sediada na cidade de Tefé, localizada na região central do Estado do Amazonas. O instituto desenvolve projetos em conservação, biodiversidade, manejo de recursos naturais e desenvolvimento sustentável na Amazônia.

 

Anúncio