Oferta de vagas de estágios cresce 14%, no CIEE

De acordo com o CIEE, foram abertas 2.425 vagas para estágio no Amazonas, o que corresponde a 36,5% do total de vagas na Região Norte

Manaus – No último trimestre, foram abertas 2.425 vagas para estágio pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), no Amazonas, o que corresponde a 36,5% do total de vagas na Região Norte. Apesar de ser um bom resultado, as oportunidades ainda estão abaixo da demanda. De acordo com o CIEE , boa parte das vagas são de substituição.

De acordo com o CIEE a maior parte das vagas de estágio está no setor de serviços e comércio (Foto: Eraldo Lopes)

Apesar de tímido, o resultado segue o ritmo do País, que registrou aumento de 8,28% e na Região Norte a alta foi ainda maior, 14,32%. “A partir do segundo semestre, houve crescimento de oportunidades, o mercado está aquecendo, as empresas estão abrindo mais vagas de estágio em todos os cursos”, afirma o gerente regional do Norte do Ciee, Sérgio Alencar.

De acordo com Alencar, a maior parte das vagas de estágio está no setor de serviços e comércio. Entre os cursos com mais ofertas, estão Direito, Administração, Ciências Contábeis, Pedagogia e Engenharia Civil.

Mas, as oportunidades poderiam ser ainda maiores, se as empresas cumprissem as cotas do Menor Aprendiz estabelecidas pelo Ministério do Trabalho (MTE), que deve ser de 5% a 15% do quadro de trabalhadores, cujas funções demandem formação profissional. As empresas do Amazonas contrataram, em 2018, apenas 30% do potencial. “Para a empresa é uma excelente oportunidade de captar novos talentos, nao cria vínculo empregatício de nenhuma natureza, nao há recolhimento de encargos trabalhistas, e a empresa pode permancer com o jovem até no máximo dois anos, desde que matriculado e estudando”, destaca Alencar.

O curso do estagiário tem que ser correlato às atividades que ele desenvolve na empresa.

Menor Aprendiz

O jovem no Ensino Médio também está despertando mais cedo o interesse pelos estágios. “Esse estudante passa a fomular melhor a pergunta, participa mais das atividades escolares, e passa a utilizar o que aprende no dia a dia da empresa. É uma via de mão dupla na formação deles”, explica Alencar.

Estudante do segundo ano do Ensino Médio, a Danielle Maciel Colares, 18, procurou uma oportunidade de estágio visando à idependência financeira. “Eu sempre procurei ter minhas própria coisas e ser idenpendente dos meus pais, apesar deles me ajudarem muito. Eu mesma fui atrás, procurei meu tio que me indicou para a entrevista e consegui a vaga”, contou.

Na universidade, ela pretende cursar Direito, mas por enquanto estagia em uma empresa pública no setor administrativo. “É uma experiência nova, aprendi muito durante esse ano em que estou aqui e melhorei inclusive meu desempenho em sala de aula”, disse.

Segundo o Ciee, em torno de 65% dos estagiários são contratados pelo setor privado após o período de contrato.

Preparação

O Ciee orienta o estudante a manter o cadastro atualizado com os telefones e e-mail de contato. Outra dica façam os cursos gratuitos disponíveis no site. O Ciee está localizado na Rua Paxiúbas, 215, conjunto Kissia, zona centro-sul.