Empresa de aplicativo de transportes cria ‘casa de bem-estar’ em Manaus

Ainda de acordo com gerente geral da startup nas regiões Norte e Nordeste, o número de ocorrências reduziu 63% desde a aplicação de mudanças no setor de segurança

Manaus – A empresa de mobilidade urbana 99 inaugurou, nesta quarta-feira (13), a Casa 99, na Rua Franco de Sá, 270, bairro São Francisco, zona sul da capital. O espaço é destinado ao acolhimento e desenvolvimento de motoristas parceiros. O projeto visa, ainda, oferecer bem-estar e boas experiências aos condutores, além de aprimorar o atendimento, diminuindo o tempo de espera e aumentando os padrões de excelência.

A casa conta com ambiente aconchegante, área de descanso com banheiros, wi-fi livre, música ambiente, local para carregar o celular, TVs com informações e dicas úteis aos motoristas, e acesso a brindes e benefícios. Na oportunidade de abertura da casa, o gerente geral das regiões Norte e Nordeste, Pedro Gomes, informou que a empresa, que integra a global Didi Chuxing, já reduziu 63% o índice de ocorrências registradas por motoristas e passageiros.

De acordo com ele, o resultado é fruto de um grande investimento em segurança realizado pela empresa, como o uso de tecnologia, inteligência artificial e ampliação da área exclusiva para esses casos focada na prevenção, proteção e atendimento de todos os usuários, sejam eles motoristas ou passageiros.

“O pacote de serviços inclui bloqueio automático de chamadas perigosas, compartilhamento de rota, alertas de zonas de risco, rastreador de comentários contra assédios, central de atendimento exclusivo para situações de emergências e, mais recentemente, instalação de câmeras nos carros”, explicou Gomes.

Entre os responsáveis por compor o setor de segurança da empresa – que já soma 130 pessoas -, estão ex-militares, engenheiros de dados e psicólogos, que atuam exclusivamente na proteção dos usuários. “Por trás de todas as corridas, estão algumas ferramentas de tecnologia e recursos humanos que as pessoas não veem, mas estão impedindo ocorrências antes que elas aconteçam. O resultado é positivo, mas entendemos que o trabalho de segurança nunca está concluído, sempre haverá espaço para melhorar”, contou Thiago Hipólito, diretor de Segurança da 99.

Anúncio