Ensino à Distância oferece atributos que são importantes para o mercado de trabalho

No entanto, especialista destaca que ainda há bastante resistência quando se fala em graduação na modalidade EAD

Manaus – A preparação de um estudante para o mercado de trabalho passa por diversas etapas inerentes ao processo de aprendizagem. No entanto, quem oferece emprego, busca um profissional cada vez mais autônomo e capaz de absorver de forma rápida as informações para executar sua função. Essas características são bastante exercitadas na graduação de Ensino à Distância, modalidade que exige do aluno empenho pessoal, já que não terá o professor ao lado, diariamente, e muita responsabilidade e disciplina para atingir bons resultados.

Autonomia, disciplina, responsabilidade e organização são apenas alguns dos ganhos de um estudante que decide pela EAD (Foto: Divulgação)

Quem garante é a supervisora de Tecnologias Educacionais do Núcleo de Educação à Distância (NEAD) da UniNorte, Wilmara Monteiro. A supervisora elenca diversas vantagens na graduação à distância, embora na maior parte do tempo a relação do aluno seja com o conteúdo exposto no computador e não com o professor. Segundo ela, autonomia, disciplina, responsabilidade e organização são apenas alguns dos ganhos de um estudante que decide viver esse tipo de experiência. “A pessoa cria o hábito de estudar sozinho e isso é uma característica muito valorizada no mercado. Atualmente, as empresas querem profissionais que possam ir além das suas funções e habilidades”, explica.

Perfil

Para a supervisora, ainda há bastante resistência quando se fala em graduação EAD na região Norte. “Isso porque a figura de um professor que tire dúvidas em sala de aula, que estabeleça a execução de trabalhos em grupo e resolva atividades, ainda são fatores que trazem a sensação de segurança ao aluno do ensino superior. Mas são paradigmas que precisam ser quebrados”, ressalta. Nesse contexto, Wilmara explica que a modalidade EAD pode superar, em resultados positivos, uma graduação presencial.

“Qualquer pessoa pode fazer EAD, mas alguns perfis são construídos no processo. Se a pessoa tiver disciplina, controle do tempo e capacidade de cumprir prazo, é ótimo. Porém, se for alguém que não tem essas habilidades, de qualquer forma isso será desenvolvido. Não é algo imediato, mas vai vir com o tempo, e às vezes os alunos nem percebem”, finaliza.