Faculdade estende prazo de serviço gratuito para a declaração de Imposto de Renda

Para participar do atendimento solidário da faculdade basta doar uma lata de leite em pó

Manaus – Contribuintes amazonenses que ainda não realizaram a declaração de Imposto de Renda 2022 podem ser atendidos na Faculdade Martha Falcão Wyden até o dia 30 de maio.

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

No último dia 5, a Receita Federal prorrogou para o dia 31 de maio de 2022 o prazo final para a entrega da declaração de ajuste anual do Imposto de Renda, que tem como base os rendimentos obtidos no ano de 2021.

Para participar do atendimento solidário da faculdade, basta doar uma lata de leite em pó. Todo o mantimento arrecadado será doado às instituições filantrópicas de Manaus.

O atendimento gratuito está sendo realizado por alunos de Ciências Contábeis, sob a orientação do professor e especialista em Contabilidade, João Dantas.

Os discentes atendem os contribuintes sempre às segundas, quartas, sextas e sábados na sede da faculdade, que está localizada na rua Natal, bairro Adrianópolis, zona centro-sul. Durante a semana, o atendimento é das 14h às 17h. Já aos sábados, das 9h às 12h.

Para a declaração do IR 2022, os contribuintes devem se atentar às regras que estão contidas na Instrução Normativa IN 2065/2022, da Receita Federal. Entre os obrigados a declarar, estão os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis em 2021, cuja soma foi superior a R$ 28.559,70.

Estão obrigados a declarar também as pessoas que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.

Documentação

Vale ressaltar que simultaneamente à doação de leite, o contribuinte precisa estar em posse no dia do atendimento de: RG, CPF, comprovante de residência, declaração de Imposto de Renda do ano anterior (2021, ano base 2020), comprovantes e notas fiscais de serviços dedutíveis como recibos de médicos, dentistas, além dos informes de rendimento de bancos, do plano de previdência, do plano de saúde e da empresa onde trabalha. Caso haja aquisição de bens como carro e imóveis, por exemplo, é preciso apresentar documentos comprobatórios da aquisição.

Outra observação é que os dependentes acima de 8 anos precisam ter CPF para serem declarados como tal, conforme exigência da Receita Federal.

 

Anúncio