Falha de motores em avião da MAP foi ‘falta de combustível’, aponta Cenipa

De acordo com o site ‘The Aviation Herald’, a aeronave, de matrícula PR-MPY, saiu de Itaituba para Manaus com 39 passageiros e quatro tripulantes

Manaus – Nesta segunda-feira (30), o site internacional ‘The Aviation Herald’ informou que o ‘apagão’ sofrido nos motores do voo PAM-5913 da MAP Linhas Aéreas, no dia 16 de setembro, oriundo de Itaituba, interior do Pará, com destino a Manaus, foi por falta de combustível, de acordo com o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Ainda segundo o órgão brasileiro, o fato foi considerado como ‘incidente grave’. Ainda no dia 16, uma aeronave caiu na capital do Estado próximo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, o que fez com que todos os voos fossem desviados para outras rotas.

A Passaredo comprou recentemente a MAP Linhas Aéreas (Foto: Divulgação)

Por conta disso, a tripulação resolveu voltar para Itaituba, porém, durante o percurso, o motor esquerdo falhou e o avião prosseguiu o voo até o pouso. Em seguida, o motor direito também apresentou falha.

Conforme o Cenipa, já em solo, a tripulação conseguiu reiniciar o motor direito para que fosse feito o taxiamento até o portão de desembarque. Ao todo, o voo contava com 39 passageiros e quatro tripulantes. Ninguém ficou ferido.

Nota

A MAP Linhas Aéreas informa que as investigações do CENIPA ainda estão em andamento e que acompanha todos os procedimentos. A administração da empresa ressalta ainda que opera dentro dos padrões de segurança estabelecidos pela ANAC, cumprindo todas as normas operacionais exigidas, inclusive procedimentos auditados pelo IOSA.

Anúncio