Fechamento de hotéis e crise turística repercute na Assembleia Legislativa

Para o deputado estadual Fausto Jr., o Amazonas precisa de projetos e ideias capazes de impulsionar o turismo na região

Manaus – O fechamento de hotéis no Amazonas, entre eles o Tropical Hotel e o Ariaú Amazon Towers, além da crise no setor turístico do Amazonas, foram discutidos nesta terça-feira (29), na Assembleia Legislativa.

O cancelamento de voos para os municípios de Coari, Eirunepé e Tefé, anunciados na semana passada pela empresa MAP Linhas Aéreas, reforça a crise do turismo no Amazonas.

O Ariaú Amazon Towers está entre os hotéis da região que encerraram suas atividades (Foto: Divulgação)

O problema foi exposto pelo deputado estadual Fausto Jr., que cobrou do governo do Estado, prefeituras e Assembleia Legislativa uma ação para reaquecer o turismo amazonense.

“As pessoas continuam viajando pelo Brasil e outros países, porém o Amazonas deixou de ser um destino planejado por turistas”, afirmou Fausto. “Temos que reaquecer nosso turismo. Precisamos de projetos e ideias capazes de impulsionar o turismo amazonense”, acrescentou.

O parlamentar citou a proposta do governo federal em acabar com a taxa adicional para embarques internacionais. A medida, que começa a valer em dezembro, vai zerar a taxa cobrada de passageiros que viajam para fora do País.

Segundo Fausto Jr., a medida barateia as viagens internacionais e estimula o turismo. “Precisamos de ideias simples como a anunciada pelo governo federal. Os turistas querem conhecer o Amazonas, mas não sabem o que vão encontrar aqui. Isso atrapalha nosso turismo”, avalia.

Enquanto não se planeja o turismo com profissionalismo, o setor no Amazonas amarga prejuízos, com o fechamento de hotéis, agências de viagens e aumento do desemprego, completou o deputado estadual.

Anúncio