Grupo Simões e Solar Bebidas vão unir operações

As duas maiores fabricantes e envasadoras da Coca-Cola no Norte e Nordeste vão unificar as operações em um negócio que terá uma receita líquida anual de R$ 6,5 bilhões e 15 mil empregados

Manaus – A maior empresa de envasamento da Coca-Cola na Região Norte, o Grupo Simões acerta a fusão com a Solar Bebidas (Solar), a segunda maior fabricante e engarrafadora da Coca-Cola no Brasil baseada em Fortaleza (CE) e controlada pela família do senador Tasso Jereissati (PSDB). O negócio envolverá uma receita líquida de R$ 6,5 bilhões, com 15 mil empregados.

A união do Grupo Simões com a Solar, que também opera em parte do Centro-Oeste, como Mato Grosso e áreas de Goiás e Tocantins vai unificar as operações das empresas. “A transação é estratégica pois combina territórios de grande potencial de crescimento e o conhecimento e a experiência da atuação do Grupo Simões na região Norte do Brasil”, informa comunicado da Solar.

Com o negócio, o grupo cearense informou que vai expandir a sua atuação para quase 70% do País e atender a uma cerca de 75 milhões de habitantes, em áreas estratégicas de potencial de crescimento de demanda de bebidas.

Foto: Reprodução Grupo Simões

A Solar possui nove fábricas que produzem mais de 3 bilhões de litros de bebida/ano com 320 mil pontos de venda e 34 centros de distribuição. O grupo concentra mais de 12 mil empregados, que com a união passarão para 15 mil.

O Grupo Simões possui 17 empresas nos segmentos de bebidas, gases e veículos. Desse 1970 é distribuidora dos produtos Coca-Cola. A companhia amazonense foi fundada pelo empresário Antônio de Andrade Simões. Em 1976 entraram na sociedade Petrônio Pinheiro e Osmar Pacífico. A empresa possui três fábricas e sete centros de distribuição no Pará, Amapá, Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas, com mais de 3 mil empregos diretos.

O comunicado informa que o negócio será compartilhado entre as famílias que controlam a Solar e o Grupo Simões, com a participação da The Coca-Cola Company nas empresas.

Na assessoria financeira do negócio, a Solar conta com a Sinchro Partners e jurídica de Ulhôa Canto Advogados e o Grupo Simões com a Inspire Capital Partners e a assessoria jurídica do escritório Pinheiro Neto.

Anúncio