Indústria de bicicletas apresenta 20% de crescimento, em maio, informa Abraciclo

Em maio a produção das fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) atingiu 73,2 mil unidades, alta de 20,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado (61 mil unidades)

Manaus – Em maio a produção das fabricantes de bicicletas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) atingiu 73,2 mil unidades, alta de 20,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado (61 mil unidades). Segundo dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), esse foi o melhor resultado alcançado para o mês desde 2012. Naquela ocasião, foram fabricadas 70,7 mil unidades. A produção de bicicletas nos primeiros cinco meses do presente ano atingiu a marca de 332,7 mil unidades, alta de 18,4% ante o mesmo período de 2018 (281 mil unidades).

No desempenho de maio em relação a abril, no entanto, houve redução de 3,1% (75,6 mil unidades). Esse recuo não afeta o desempenho do setor que continua aquecido de forma sustentável. Cyro Gazola, vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo, afirmou que “a indústria está em constante evolução e que trabalha para atender às expectativas de clientes que buscam cada vez mais bicicletas que entregam eficiência, qualidade e segurança, como as equipadas com quadro de alumínio, suspensão, freios a disco e sistema de marchas, entre outros itens de maior valor agregado”.

De acordo com a Abraciclo, maio obteve o melhor resultado alcançado para o mês desde 2012 (Foto: Divulgação/Caloi)

Anúncio