IR 2021: confira se sua declaração está na malha fina

Veja como consultar se está tudo certo com a declaração do Imposto de Renda 2021 e o que fazer para corrigir

Brasília – O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021 termina nesta segunda-feira (31), dia em que também já cai o pagamento do primeiro lote de restituição do IR. E quem já entregou pode verificar se a declaração não apresenta qualquer pendência e portanto, caiu na malha fina. Para conferir, é preciso entrar no portal Centro de Atendimento Virtual ao Contribuinte da Receita Federal (e-CAC) pelo site

1) Crie um código de acesso ou uma conta gov.br

Para acessar o portal, é possível seguir dois caminhos: criar um código de acesso ou entrar pela conta do portal gov.br

Para criar um código de acesso é preciso ter em mãos CPF, data de nascimento e o número dos recibos das duas últimas declarações entregues (por exemplo, a declaração de 2021 e 2020). Confira neste link o passo a passo para criar um código de acesso. Ou veja aqui como criar a conta para o portal gov.br

2) Entre no portal e-CAC

Entre no portal e-CAC pelo código de acesso ou pela conta gov.br.

blank

3) Acesso o link “Meu Imposto de Renda”

Em “Meu Imposto de Renda” será possível conferir todas as informações relativas às declarações entregues nos últimos anos. Acesse o extrato de processamento e verifique se caiu na malha fina e o motivo.

blank

Em “Pendências de Malha”, é possível saber se há ou não algum problema com sua declaração.

blank

Ainda que as “Pendências de Malha”, não informem nenhuma pendência no momento, a Receita lembra que esse fato não impede que, em razão de revisões posteriores, possam surgir pendências na malha, pois o cruzamento das informações é contínuo.

blank

E se a declaração tiver pendências?

Se a declaração tiver pendência, ou seja, caiu na malha fina, há dois caminhos para solucionar a questão.

Se a declaração tiver erro ou omissão

Se a pendência decorre de erro ou omissão de informações no preenchimento da declaração, nesse caso, a solução é retificar a declaração.

Se a declaração não tiver erro

Caso as informações declaradas estejam corretas, o contribuinte pode:

a) aguardar a intimação ou a notificação pela Receita Federal; ou

b) apresentar digitalmente seus documentos comprobatórios, de forma espontânea, no Centro Virtual de Atendimento – e-CAC, do sítio da Receita Federal.

blank

A Receita informa que a antecipação da entrega dos documentos para sair da malha fina só está disponível no ano seguinte ao da declaração e apenas para contribuintes com pendências em malha. Dessa maneira, só será possível apresentar os documentos disponíveis da declaração do IR 2021 a partir de janeiro de 2022.

Correção só pode ser feita antes da intimação da Receita

O contribuinte só pode fazer a correção de erros na declaração se não for intimado pela Receita. Caso receba uma intimação, perde o direito a corrigir espontaneamente a declaração.

Anúncio