Manaus é a capital do Norte com mais buscas por imóveis em 2019

Belém do Pará também figura entre as dez mais buscadas do País

Manaus – Entre as capitais do Norte, Manaus se destaca com o maior número de buscas por imóveis residenciais e comerciais em 2019, na OLX Brasil. No ranking nacional, a capital amazonense ocupa o quarto lugar e, além dela, a região tem apenas Belém (PA) no Top 10 das cidades brasileiras, ocupando a sexta posição.

Em Manaus, 52% dos usuários procuram imóveis para compra e 48% por aluguel. A busca por casas concentra mais que a metade do total: 64% preferem esse tipo de imóvel, enquanto 36% querem apartamento.

Na capital amazonense 52% dos usuários procuram imóveis para compra e 48% por aluguel (Foto: Arquivo/Semcom)

O mês de janeiro de 2019 teve um aumento de 77% tanto no número de novos anúncios quanto no número de itens vendidos em relação à média dos outros meses do ano na subcategoria ‘Livros e Revistas’. Em relação ao número de buscas, houve uma aumento de 69% na mesma comparação.

A psicóloga Larissa Stella foi uma das milhares de pessoas a escolher esse mês para praticar o desapego. A decisão foi tomada pela necessidade de arrumar a casa nova e a vontade de obter uma renda extra no começo de ano. “Quando arrumava as coisas para a mudança, acabei encontrando alguns livros que eu nunca tinha lido, outros que não faziam mais sentido ter. Por isso, decidi anunciá-los e dar um novo destino para eles”, diz.

De acordo com Phillip Klien, diretor de crescimento da OLX, a tendência está relacionada a um momento importante no País – a volta às aulas – mas também a uma tendência de consumo consciente por parte dos brasileiros, que muitas vezes têm livros sem uso em casa e que podem ser úteis para outras pessoas, além de representarem potencial para gerar renda extra. “O aumento das buscas na nossa plataforma revela a necessidade de encontrar melhores preços para livros que atendem desde quem cursa o ensino infantil ao universitário”, afirma.

Klien explica ainda que o movimento de compra e venda de produtos usados tem ganhado cada vez mais espaço no País. “O consumo sustentável e consciente está revolucionando muitas casas brasileiras, de forma que livros acadêmicos e temáticos para todas as faixas etárias muitas vezes sem uso podem ganhar novos donos e serem bem utilizados por outros estudantes”.

Larissa concorda: “A maior parte dos livros que estou vendendo eu usei na faculdade. Alguns eu já tinha comprado de segunda mão, e fico feliz que agora eles possam ser úteis para mais uma pessoa”, comenta.

Anúncio