Manaus recebe evento pioneiro sobre tecnologia e inovação, em novembro

A 1ª Feira do Polo Digital de Manaus vai reunir as principais empresas e startups da região, além de incentivar a indústria 4.0 do Polo Industrial de Manaus

São Paulo – Dos dias 27 a 29 de novembro, Manaus reunirá as empresas que desenvolvem o que há de mais avançado em tecnologia e inovação na região na 1ª Feira do Polo Digital de Manaus. O evento será realizado pelo CODESE Manaus (Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico) e sua Câmara de Tecnologia e Inovação, com patrocínio do Sidia – Instituto de Ciência e Tecnologia.

Manaus recebe evento pioneiro sobre tecnologia e inovação, em novembro (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A feira vai expor iniciativas locais para, além de incentivar a indústria 4.0 do PIM (Polo Industrial de Manaus), demonstrar diversas soluções inovadoras de tecnologia da informação através de exposição de startups, empresas de produtos/serviços de informática e ICTs públicos e privados; palestras técnicas de vanguarda; oficinas de tecnologias e desafios computacionais; entre outros.

O evento será o cenário ideal para compartilhar informações sobre o desenvolvimento de produtos em Manaus, incentivar negócios, expor ideias e produtos em andamento, possibilitar interações entre protagonistas da área de Pesquisa & Desenvolvimento da região, além de disseminar avanços técnicos e experiências bem sucedidas.

Entre as expositores confirmados estão 93 empresas, instituições e startups que desenvolvem os mais variados produtos e soluções tecnológicas nas áreas de telefonia celular, DTV, e-commerce, comércio varejista e atacadista, infraestrutura de rede, automotivo, financeiro, jurídico, entre outros.

Entra as palestras, temos destaque participantes do Brasil e Exterior, especialistas em assuntos relacionados ao universo dos games e indústria de filmes, Telecom, UX, tecnologia Android, além de responsabilidade social e acessibilidade. O evento também contará com oficinas de Desenvolvimento e de desafio computacional e Arena Maker.  A feira terá ainda o  Espaço SEBRAE, onde se efetivarão, além de Rodada de Negócios, palestras sobre economia digital para empreendedores iniciantes, maduros e avançados.

Também são esperados empreendedores individuais, aceleradoras, incubadoras, ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia), entes públicos e privados de apoio, IES (Instituições de Ensino Superior),  técnicos, professores, pesquisadores, estudantes e convidados especiais nacionais e internacionais.

Outro objetivo da feira é fomentar, de forma massiva, a ampliação da  busca pela formação em área tecnológica. Nesse período, durante as palestras e workshops, serão discutidas ações e ideias para atrair pessoal qualificado, sobretudo doutores.

Estandes básicos completos serão fornecidos gratuitamente e apenas customizações especiais serão arcadas pelos expositores.