Mercado de celulares no Brasil tem crescimento de 3%, aponta pesquisa

Os aparelhos na faixa de R$ 700 e R$ 1.999 são os preferidos pelos brasileiros

São Paulo – Estudo realizado pela consultoria IDC (International Data Corporation) aponta que o mercado de celulares no Brasil teve crescimento de 3% no primeiro trimestre do ano. De acordo com o levantamento, os aparelhos na faixa de R$ 700 e R$ 1.999 são os preferidos pelos brasileiros, já respondendo por 80% das vendas.

(Foto: Reprodução / Internet)

Em 2020 a receita do mercado de smartphones no Brasil cresceu de 16% em relação a 2019, atingindo R$ 71,7 bilhões, segundo a IDC. Quanto ao volume de vendas, os aparelhos que tiveram maior crescimento no ano passado foram os que ocupam a faixa de preço entre R$ 1,1 mil e R$ 1,99 mil (com alta de 83%) e entre R$ 2 mil a R$ 2,99 mil (crescimento de 88%)

Esse crescimento foi potencializado durante a pandemia, pois com o isolamento social, as pessoas aumentaram o tempo de conexão em computadores e celulares. Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o uso da internet cresceu entre 40% e 50% na pandemia, sendo que o celular é o meio utilizado por mais de 90% dos usuários, segundo o IBGE.  Todo esse potencial chama a atenção dos fabricantes estrangeiros. “Estamos apostando cada vez mais no mercado brasileiro”, comenta Alex Cao, Country Manager da TCL Mobile no Brasil.

A empresa anuncia novos modelos de smartphones no Brasil e estuda a possibilidade de fabricação em território nacional. Ao levar em conta o crescimento do mercado de celulares apontado anteriormente, também investe na venda de acessórios, com o lançamento de seu primeiro fone de ouvido no país. ‘Queremos acelerar a participação no mercado brasileiro, por isso a TCL lançou em fevereiro deste ano a loja online própria, operada pela Usina de Vendas Distribuidora, com objetivo de realizar a venda direta da marca aos consumidores’, conta Alex.

Anúncio