Mercado de seguros para carros cresce e mensalidades têm valor inicial de R$ 100

A busca por seguros para veículos acompanha a evolução de roubos e acidentes, que também cresceram. O mercado passou a oferecer opções personalizadas, como o seguro compreensivo

Da Redação / [email protected]

Muitos clientes optam por seguros para se resguardarem em acidentes (Foto: Sandro Pereira)

Manaus – Na medida em que o número de carros e, consequentemente, de roubos e acidentes começou a aumentar, o mercado de seguros precisou evoluir e passou a oferecer opções mais personalizadas aos clientes. Atualmente, há inúmeros tipos de coberturas, que garantem mais ou menos o valor do patrimônio e partem de R$ 100, por mês.

O seguro mais comum é o compreensivo, que garante vários tipos de cobertura em uma mesma apólice. Cobre o valor do carro em caso de roubo ou furto, acidente e danos a terceiros, por exemplo.

Não há uma regra única para cobrança de prêmio, pois o seguro depende de muitas variáveis, que vão do local de moradia à idade do motorista. Outro fator-chave na composição do preço dessa proteção é se o carro a ser segurado é muito ou pouco visado por ladrões. Se for muito, o preço dispara. Por isso, a cobertura compreensiva costuma ser a mais cara de todas.

Para fugir dos preços altos, muita gente, principalmente donos de motocicletas, vem optando pelo rastreador com seguro, que indeniza apenas em casos de roubo e furto do veículo. Nesse caso, depois de escolher a companhia e ter a proposta aprovada, o interessado deve levar a moto ou carro a uma loja credenciada para instalar um rastreador e ativar a proteção. Na maioria das empresas, o cliente paga a instalação do rastreador, que vai de R$ 200 a R$ 300, e mais R$ 100 de mensalidade.

Caso o veículo seja roubado ou furtado, a companhia paga indenização de até 90% do valor médio de mercado. A regra vale, inclusive, se o bem for recuperado, mas tiver avarias cujos reparos representem a partir de 75% de seu valor de venda. Se o custo do conserto for menor que isso, será de responsabilidade do segurado.

Há os seguros para terceiros, que normalmente são contratados juntamente com um serviço de assistência veicular. O foco não é no veículo do segurado, mas garantir indenização a outras pessoas por danos causados pelo contratante.

Entre os extras, há guincho, socorro mecânico e chaveiro residencial. O custo é de cerca de seis parcelas de R$ 100, dependendo do tipo de apólice.

Anúncio