Mercado imobiliário: amazonenses investem além das fronteiras do estado

Grupo auxilia investidores do Amazonas em transações de imóveis nos Estados Unidos e em outras cidades brasileiras

Manaus – Já pensou em investir em imóveis fora dos seus limites territoriais? Fonte de expressiva rentabilidade, a estratégia é opção de diversos investidores e não seria diferente no caso dos que moram no Amazonas, que já veem vantagem em extrapolar as fronteiras do estado para apostar nesse mercado com auxílio de assessorias imobiliárias especializadas.

(Foto: Divulgação)

Idealizado pelos empresários Rodrigo Viégas e Jorge Ayub, o Grupo RJ, com sede na capital amazonense, é especialista em transações imobiliárias nos Estados Unidos há mais de dez anos, especificamente na Flórida, e, mais recentemente, em outras cidades do Brasil, a exemplo de São Paulo.

De acordo com Rodrigo, que também é corretor de imóveis, um dos maiores benefícios de se realizar uma compra com auxílio do Grupo RJ é o fato da holding, que controla as imobiliárias Many Imóveis e Punkt Imóveis e a plataforma educacional Nossa Escola Imobiliária, ter bases locais, incluindo a parceria com a Elite International Realty, imobiliária do sul da Flórida com mais de 30 anos de mercado.

“Quando o amazonense pensa em fazer um investimento em outras regiões, geralmente as pessoas começam a falar do imóvel em si e nós seguimos por outro caminho: explicamos para ele como vai ser a parte de documentação, como vai conseguir levar o dinheiro do Brasil para lá, em caso de compras no exterior, e ainda temos uma assessoria física que o recebe tanto no sul da Flórida quanto em São Paulo. Isso é bem bacana, porque gera segurança. Auxiliamos desde a parte de recepção até o investimento imobiliário, sempre buscando conscientizar o cliente do local que tem interesse”, detalha.

Segundo o empresário, que trabalha no setor há 16 anos, os investimentos dos clientes amazonenses na Flórida têm aporte de pelo menos U$ 400 mil, tanto em casas utilizadas pelos próprios quanto em imóveis para aluguel. Já na capital paulista, os tipos de imóveis escolhidos pelos investidores locais costumam ser estúdios, destinados a ‘short stay’, ou seja, locações de curta duração, ou residências em torno de 100 a 150 m² para quem realmente quer se mudar para a cidade.

Expansão

O Grupo RJ, cujas informações podem ser conferidas no site, no Instagram @group.rj_ e no e-mail [email protected], nasceu da vontade de Rodrigo e Jorge de expandirem os negócios e atender mais clientes.

Com isso, a dupla resolveu criar a holding para controlar todas as marcas dos dois: Many Imóveis, especializada em empreendimentos de alto padrão; Punkt Imóveis, voltada para soluções de imóveis comerciais; e Nossa Escola Imobiliária, plataforma educacional destinada à capacitação de profissionais do mercado imobiliário e de quem pretende ingressar no segmento.

Conforme Jorge, há uma preocupação em estar sempre em sincronia com a assessoria jurídica e contábil, justamente para atender a todos os desejos e vontades do cliente amazonense sem dores de cabeça.

“Uma das coisas que entendemos é que, somente quando existe segurança, começa-se a procura pelo imóvel. Vamos sempre procurar as melhores soluções para quem tem interesse em investir com nosso auxílio, dentro das nossas áreas de atuação. E, se não tivermos a solução, vamos ajudar também, nem que seja indicando algum parceiro que possa auxiliar na demanda”, salienta.

Ainda segundo o empresário, o propósito da holding de imóveis é facilitar a vida dos investidores amazonenses e, com o reaquecimento do mercado imobiliário após a pandemia, a projeção é animadora. “A intenção é fortalecer cada vez mais nossos serviços na capital amazonense, onde já mantemos um trabalho sólido e reconhecido, mas notamos uma promissora agenda de relacionamentos com outras regiões e, com uma estratégia alinhada ao perfil dos investidores, os retornos tendem a ser bastante promissores”.

Anúncio