MMA anuncia repasse de R$ 7,3 milhões para unidades de conservação

Recursos vão para ações de manutenção, conservação e infraestrutura

Brasília – O Ministério do Meio Ambiente anunciou nesta quarta-feira (17), durante reunião do Comitê de Compensação Ambiental, a liberação de R$ 7,3 milhões para os Parques Nacionais da Serra das Confusões, Serra da Capivara, Nascentes do Rio Parnaíba e Chapada dos Veadeiros, as APAs Dunas, Veredas do Baixo Médio de São Francisco e Rio Preto, Flona de Ibirama, Esec do Seridó, Resex Recanto da Araras de Terra Ronca e o Mona Rio São Francisco.

(Foto: Divulgação)

De acordo com a pasta, os recursos serão destinados para manutenção, conservação e infraestrutura, com apoio ao ecoturismo e a geração de emprego e renda.

Visitação recorde em 2019

No ano passado, as 137 unidades de conservação (UCs) federais receberam 15,33 milhões de visitantes em 2019, o que representa um aumento de 20% em relação ao ano anterior. Segundo informações do Ministério do Meio Ambiente, o ecoturismo contribui para a conservação da natureza e para a sensibilização da sociedade em relação ao meio ambiente, além de impulsionar o desenvolvimento da economia nacional com a geração de emprego e renda.

Relatório divulgado pela pasta mostra que as duas unidades de conservação mais visitadas em 2019 foram o Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro, e o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná, e a Mata Atlântica foi o bioma com mais visitação, com 67% e quatro das dez unidades mais visitadas.

Anúncio