Nova ação de Lula suspende revisão de NIS na lista de emergência no RS

o MDS suspenderá as ações de averiguação e revisão cadastral no estado até dezembro de 2024

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) anunciou medidas especiais para as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família no Rio Grande do Sul. 

(Foto: Agência Brasil)

Com o objetivo de assegurar a proteção social em meio às adversidades climáticas, o MDS suspenderá as ações de averiguação e revisão cadastral no estado até dezembro de 2024.

A suspensão das ações de averiguação e revisão cadastral visa garantir a continuidade dos pagamentos de benefícios e evitar repercussões que poderiam resultar na interrupção dos mesmos, como bloqueios e cancelamentos.

Mais de 252 mil famílias no estado haviam sido convocadas para regularizar seus cadastros.

Proteção anunciada no Bolsa Família

“Nosso foco é cuidar das famílias e garantir proteção social”, afirmou o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias. A medida visa concentrar esforços para assegurar que o auxílio chegue a todos que necessitam.

Para assegurar a continuidade dos pagamentos do Bolsa Família, 18 mil famílias tiveram o benefício desbloqueado e terão seus pagamentos liberados a partir de maio. Outras 10 mil famílias terão seus benefícios reativados, garantindo o apoio financeiro durante o período de dificuldades.

Ações de qualificação do Cadastro Único

A averiguação cadastral faz parte dos esforços do MDS para a qualificação do Cadastro Único e aprimoramento da focalização do Programa Bolsa Família. Essa revisão é realizada por meio da comparação de dados e análise de consistência das informações declaradas pelas famílias.

A suspensão das ações de revisão cadastral visa especialmente assegurar a proteção social das famílias diante dos eventos climáticos extremos que afetam o estado. Segundo Caroline Paranayba, diretora do Departamento de Benefícios da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do MDS, é fundamental garantir apoio às famílias em momentos de crise.

Pagamento unificado e facilitação de acesso ao Bolsa Família

Além da suspensão das revisões cadastrais, o MDS assegurou o pagamento unificado no primeiro dia do calendário para todas as famílias beneficiárias do Bolsa Família no estado, facilitando o acesso aos recursos sem a necessidade de seguir calendários escalonados.

Com um investimento total de R$ 417 milhões, o MDS reitera seu compromisso em garantir o bem-estar das famílias gaúchas durante o período de calamidade, assegurando que o Bolsa Família seja um suporte efetivo para aqueles que mais necessitam.

Anúncio