Novo valor e benefícios devem ser liberados para o Bolsa Família

O Bolsa Família atualmente atende mais de 14 milhões de famílias e tem um valor médio pago de R$ 192

Brasília – Desde o ano passado, o Governo Federal vem projetando reformular o programa social que atende mais de 14 milhões de pessoas, o Bolsa Família. Tudo o que de fato vem sendo divulgado, ainda não está disponível e o governo vem se preparando para trazer essas novidades.

Novo valor e benefícios devem ser liberados para o Bolsa Família. (Foto: © Rafael Lampert Zart)

Dentre os principais pontos debates da reformulação do Bolsa Família temos a ampliação do número de beneficiários, que ao que tudo indica poderá atender parte dos beneficiários que estão recebendo o auxílio emergencial, bem como em um aumento no valor médio pago pelo programa.

Atual Bolsa Família

O Bolsa Família que já vem sendo pago aos brasileiros desde sua criação em 2004, atualmente atende mais de 14 milhões de famílias e tem um valor médio pago de R$ 192. Vale lembrar que esse valor de R$ 192 é uma média, ou seja, é variável conforme a composição familiar.

Atualmente o Bolsa Família paga os seguintes valores as famílias:

  • R$ 41 para crianças, adolescentes e gestantes;
  • R$ 48 para adolescentes com idade entre 16 e 17 anos;
  • Benefício de superação a pobreza: valor variável.

Além disso, cada família pode acumular até cinco benefícios, o que faz com que o valor do benefício seja variável conforme a composição familiar.

Novo Bolsa Família

No ano passado o Governo Federal tentou substituir o Bolsa Família por outros programas, com o Renda Cidadã e Renda Brasil, que acabaram sendo engavetados. Agora o governo tenta ampliar o atual Bolsa Família, o primeiro ponto é ampliar o atual valor médio recebido pelas famílias de R$ 192 para R$ 250.

Com a reformulação do Bolsa Família, alguns benefícios podem ser implementados, como o bolsa para incentivo estudantil, bem como o auxílio-creche. Com relação ao auxílio-creche, o mesmo já foi mencionado algumas vezes pelo governo.

A ideia inicial do governo é de liberar um valor próximo a R$ 52, para ajudar as famílias, entretanto, após críticas de especialistas, foi sugerido que o auxílio cresce fosse ampliado para R$ 250, para poder de fato cobrir as despesas do ensino.

Outros adicioneis que podem vir com a reformulação do Bolsa Família e que já vieram a ser citados pelo governo temos um incentivo estudantil, vejamos:

  • Bônus anual de R$ 200 para o melhor aluno;
  • Bolsa mensal no valor de R$ 100 e um prêmio anual de R$ 1 mil, para estudante que se destaque nas áreas, cientifica, tecnológica ou esportiva;
  • Prêmio anual no valor de R$ 200 para os melhores estudantes.

Anúncio