Postos de combustíveis voltam a ser autuados por aumento nos preços

O Procon Manaus tem autuado os proprietários que elevaram o valor da gasolina acima da margem da Petrobras

Manaus – O Procon Manaus continua com a série de fiscalizações aos postos de combustíveis da cidade, em decorrência ao aumento da Petrobras nas refinarias e os preços finais repassados aos consumidores. O órgão tem autuado os proprietários que elevaram o valor da gasolina acima da margem praticada pela estatal.

A ação do Procon Manaus respondeu às reclamações dos motoristas (Foto: Divulgação/Procon Manaus)

No mês de janeiro, a gasolina estava sendo comercializada pela Petrobras a um valor de R$ 1,43 e, no mês de março, o preço custa R$1,83, que resulta no aumento de R$ 0,40 em menos de três meses.

“Se fizermos os cálculos, infelizmente, é um aumento de 20% no valor da gasolina praticada pela Petrobras em apenas dois meses, que gera um aumento em toda a cadeia produtiva e é danoso para o bolso da população”, disse o coordenador do Procon Manaus, Rodrigo Guedes.

A ação começou após reclamações dos motoristas.

Anúncio