Preço médio da gasolina supera R$ 6 há seis semanas, aponta ANP

Valor passa de R$ 6 em 19 das 27 unidades da federação; o combustível mais caro está no RJ; o mais barato é vendido no AP

Brasília – O preço do litro da gasolina comum no Brasil está acima de R$ 6 há seis semanas, aponta a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Em média, o litro do combustível no país é vendido a R$ 6,117. Em 19 das 27 unidades da federação, o produto era comercializado por mais de R$ 6 entre 3 e 9 de outubro, período do levantamento mais recente do órgão.

Preço da gasolina supera R$ 6 há seis semanas no Brasil, diz ANP. (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

A gasolina mais cara do Brasil está no Rio de Janeiro, onde o litro é vendido pelo preço médio de R$ 6,764. Em segundo lugar aparece o Piauí, com o combustível custando R$ 6,733 o litro, em média. O Rio Grande do Norte vem a seguir (R$ 6,675 o litro).

O Amapá é o estado com o menor preço médio do combustível no país, com o litro vendido a R$ 5,350. Em Roraima, esse valor é de R$ 5,743. São Paulo tem o terceiro menor preço (R$ 5,808). As outras cinco unidades da federação com valor abaixo de R$ 6 são Santa Catarina (R$ 5,814), Paraná (R$ 5,941), Ceará (R$ 5,957), Paraíba (R$ 5,963) e Pernambuco (R$ 5,996).

Em todas as regiões do Brasil, o preço da gasolina comum supera os R$ 6. O Centro-Oeste tem o maior valor médio, com R$ 6,282 o litro. Em segundo lugar está o Nordeste (R$ 6,118), seguido pelo Sudeste (R$ 6,109) e pelo Norte (R$ 6,080). O melhor preço é registrado no Sul, onde o litro da gasolina custa, em média, R$ 6,071.

Anúncio