Prefeitura prepara mutirão para emissão de carteira de trabalho

Um mutirão para a emissão de carteira de trabalho para os jovens pensionistas do município está em planejamento pela Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento para pessoas com faixa etária entre 16 e 24 anos

Manaus – A Prefeitura de Manaus vai realizar um mutirão para a emissão de carteira de trabalho para os jovens pensionistas do município. A notícia foi divulgada na tarde desta terça-feira (19), no início dos trabalhos do projeto “Pensando o Futuro”, da Manaus Previdência, direcionada aos pensionistas entre 16 e 24 anos que em dois anos, no máximo, deverão perder o direito à pensão, conforme preconizam as leis que estabelecem o benefício.

“Essa foi mais uma opção dada pela Semtrad para facilitar o processo de inserção no mercado de trabalho desses jovens”, comentou a diretora de Previdência do município, Daniela Benayon, referindo-se à parceria da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad) ao projeto, assim como do Centro de Integração Empresa Escola (Ciee).

O diretor de Qualificação Profissional da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), Fábio Castro, destacou que o trabalho do órgão envolve todas as faixas etárias, mas um dos focos é atender às necessidades da juventude. “Para isso, temos parcerias com diversas instituições, entre elas a Junior Achievement, onde alunos da Jornada Empreendedora, promovida pela Prefeitura de Manaus, são finalistas do concurso nacional Geração Empreendedora”.

A data do mutirão ainda não está definida, mas na palestra ministrada nesta terça-feira aos pensionistas, foram informados os documentos necessários para a emissão da carteira de trabalho, assim como os postos do Sine-Manaus localizados em cinco pontos na cidade, além da sede da Semtrad, que abriga o Escritório do Empreendedor.

Oportunidade

Um dos pensionistas presentes ao lançamento do “Pensando o Futuro”, Bryan Frederico Costa, 20, diz que visualizou no projeto uma oportunidade de informação sobre o mercado de trabalho. “Moro sozinho e estou à procura de uma colocação no mercado de trabalho. Sou pensionista desde os 11 anos e penso em me tornar um empreendedor”, conta, revelando uma grata surpresa ao ser convidado pela previdência municipal para participar do projeto.

O “Pensando o Futuro” continua nesta quarta-feira, 20, à tarde, com a participação da Ciee. O objetivo é auxiliar os pensionistas para a continuidade do desenvolvimento pessoal e profissional após o desligamento com a prefeitura, com o término da concessão da pensão. Atualmente, a Manaus Previdência tem aproximadamente 80 pensionistas entre 16 e 24 anos.

Anúncio