Professores do EJA e infantil terão até 15º

Prefeitura de Manaus irá pagar o 14º e 15º salários para profissionais da Educação Infantil e da Educação de Jovens e Adultos. Projeto de lei para conceder o benefício será enviado para a Câmara Municipal

Manaus – A Prefeitura de Manaus irá pagar o 14º e 15º salários para profissionais da Educação Infantil e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O anúncio foi feito pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, nesta segunda-feira (9), durante entrega da creche municipal Professora Dalila Bentes Duarte, bairro Santa Etelvina, zona Norte. Mais de 2,5 mil servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), incluindo do ensino fundamental, receberão o benefício pelas metas alcançadas na gestão.

“Esse benefício já existia para outras modalidades de ensino, mas será a primeira vez que vamos premiar os servidores da educação infantil e de jovens e adultos, como uma forma de parabenizá-los e incentivá-los. Não só com a inauguração de creche, mas com a valorização dos nossos profissionais, faremos com que Manaus se torne a número um na educação do país, priorizando a aprendizagem dos alunos”, destacou o prefeito Arthur Neto.

O anúncio foi feito pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, durante entrega da creche Professora Dalila Bentes Duarte, no bairro Santa Etelvina (Foto: Alex Pazuello/Semcom)

Beneficiados

De acordo com a Prefeitura, serão 115 escolas e 2.550 servidores beneficiados. Do total de unidades de ensino, 112 receberão o 14º salário, sendo 14 escolas do Ensino Fundamental, três do EJA e 95 da Educação Infantil receberão o 14º, e três da Educação Infantil terão o 15º. Projeto de lei Executivo municipal, que trata do pagamento dos 14º e 15° salários para os servidores, será apreciado nos próximos dias, pela Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O Programa de Incentivo e Valorização aos servidores lotados nas unidades de ensino avalia a melhoria dos resultados de aprendizagem dos estudantes definidos pelo Índice de Desenvolvimento da Educação da Rede Municipal de Ensino (IDE-Manaus), por meio de Cartas de Metas entregues a cada unidade.

Os itens que classificam as unidades para recebimento do 14º devem apresentar a taxa de desenvolvimento integral, redução de abandono escolar, quantitativo de crianças por turma, cumprimento do currículo e a prestação de contas do exercício anterior do ano de aplicação da avaliação nacional pelo Ministério da Educação (MEC) e do ano corrente protocolado. Já aos classificados para o 15º, são avaliados o cumprimento em conjunto da taxa de desenvolvimento integral e as prestações de contas.

Anúncio