Reconhecimento facial do aplicativo GOV.BR é facilitado; saiba mais

O reconhecimento facial é importante para aumentar a segurança dos usuários e ajuda na mudança de nível para as pessoas

Brasília – O processo para o reconhecimento facial do aplicativo GOV.BR foi simplificado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI). A partir de agora, será possível usar a câmera traseira dos dispositivos móveis para fazer o reconhecimento biométrico dos usuários da plataforma. A medida beneficia diretamente quem tem celulares antigos e também pessoas com deficiência, do espectro autista, com doenças neurodegenerativas e idosos.

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

“Nosso objetivo é facilitar a vida dos cidadãos a partir do GOV.BR. Se uma pessoa tiver alguma dificuldade para realizar a captura adequada da foto, será possível pedir ajuda de algum familiar ou amigo”, explica o secretário de Governo Digital, Rogério Mascarenhas. Até o momento, 152 milhões de brasileiros possuem uma conta na plataforma do governo federal, que possibilita o acesso a mais de 4.200 serviços digitais.

Segundo o secretário, o reconhecimento facial é importante para aumentar a segurança dos usuários. “O próprio aplicativo já oferece a mudança de nível para as pessoas. Com a biometria, é possível utilizar o GOV.BR de forma plena, tendo uma conta de nível Prata ou Ouro”, explicou.

Para avançar para o nível prata, os cidadãos devem fazer biometria facial com a CNH, ser servidor público federal, ou fazer o login pelo banco, caso a entidade financeira seja uma das treze que estão credenciadas. São elas: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica, Sicoob, Santander, Itaú, Agibank, Sicredi, Mercantil do Brasil, PicPay/Original e BTG Pactual.

Já para ter acesso ao nível máximo de segurança, é preciso ter uma conta ouro. Nesse nível, é preciso fazer o reconhecimento facial com base nos dados da Justiça Eleitoral ou pelo QR Code da Carteira de Identidade Nacional (CIN) ou, ainda, a partir de um certificado digital compatível com a ICP-Brasil. Em caso de dúvidas, acesse a página gov.br/conta.

Entre os serviços disponíveis na GOV.BR estão a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda, prova de vida, Assinatura GOV.BR, aberturas de empresas, Meu SUS Digital, Fies, Carteira Digital de Trânsito, Sougov (exclusivo para servidores públicos federais), eSocial e documentos militares.

Anúncio