Saque emergencial de até R$ 1.045 do FGTS termina nesta quinta-feira

Apesar de os bancos fecharem no dia 31 de dezembro, a solicitação pode ser feita por meio do aplicativo FGTS e do Caixa Tem

Brasília – O trabalhador tem até esta quinta-feira (31) para solicitar o saque emergencial de até R$ 1.045 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Apesar de as agências bancárias fecharem amanhã, o saque pode ser movimentado por meio do aplicativo da Caixa Tem. O valor considera a soma dos saldos de todas as contas ativas e inativas no FGTS.

Cerca de R$ 7,9 bilhões do saque emergencial, creditados nas contas poupança social digital e que não foram movimentados, retornaram no dia 30 de novembro para as contas vinculadas dos trabalhadores, com correção dos valores, de acordo com o banco.

O saque emergencial do FGTS vai até esta quinta-feira (31) (Foto: Luis lima/Fotoarena/Estadão Conteúdo)

Mas, caso o trabalhador ainda queira ter acesso aos recursos, deve fazer pedido pelo aplicativo do FGTS até amanhã, para que a Caixa transfira novamente o valor para a conta digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. O saque emergencial poderá ser utilizado em transações eletrônicas, saque em espécie ou transferência, sem custo, para outras contas.

Ao todo, a Caixa liberou cerca de R$ 37,8 bilhões para as poupanças de 60 milhões de trabalhadores. O balanço sobre o total de saques deverá ser divulgado no ano que vem.

O saque emergencial, criado pelo governo no pacote de medidas para amenizar os efeitos da pandemia do coronavírus, começou no final de junho, para nascidos em janeiro, e o calendário seguiu de acordo com o mês de nascimento até o dia 14 de novembro, quando saiu o lote dos aniversariantes de dezembro.

Dados atualizados

A Caixa informa que é preciso estar com os dados cadastrais atualizados para receber o saque emergencial FGTS. Por isso, é preciso acessar o aplicativo FGTS, complementar os dados cadastrais e solicitar o saque dos valores, que serão creditados na poupança social. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo aplicativo FGTS, pelo site, pela Central de Atendimento Caixa 111, opção 2; e por meio do internet banking Caixa.

O banco alerta que não envia mensagens com solicitação de senhas, dados ou informações pessoais. A Caixa também não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Alvo de golpes

O banco também afirma que atua conjuntamente com a Polícia Federal e demais órgãos de segurança pública na identificação de casos suspeitos e na prevenção das fraudes no auxílio emergencial, saque emergencial do FGTS e demais benefícios sociais. Além de repassar as informações sobre eventos criminosos às autoridades policiais.

A orientação para o beneficiário que teve problemas é fazer uma contestação diretamente em qualquer agência da Caixa. “Para os casos em que houver comprovação de saque fraudulento, o beneficiário será devidamente ressarcido”, afirma o banco.