Sebrae e Prefeitura atenderão mais de 7 mil micros e pequenos empresários

Atividades acontecem por meio das plataformas online do Sebrae e abrangem 116 capacitações, consultorias e atendimentos digitais

Manaus – Uma parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Prefeitura de Manaus vai beneficiar mais de 7 mil pessoas, por meio das operações online conjuntas do Sebrae e da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi).

Esta união operacional temporária se dá no cenário de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, que paralisou mais de 60% das atividades de centenas de micros e pequenas empresas do município. Agora, elas estão se reinventando digitalmente (a custo zero), para superar a diminuição do capital de giro, provocada pela redução das vendas, em função dos decretos municipal e estadual de calamidade pública, que fecharam os estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, para proteger as pessoas do contágio do novo coronavírus.

Helena Garcia, gerente da UAR, comenta que as pessoas precisam aprender a vender, administrar, fazer marketing, entre outras atividades, no meio digital (Foto: Divulgação/Sebrae)

As atividades acontecem por meio das plataformas online do Sebrae e abrangem 116 capacitações, consultorias e atendimentos digitais voltados a gestão financeira, vendas, marketing eletrônico, delivery e tudo que se relaciona a vida das micros e pequenas empresas, que são a base da economia amazonense e brasileira (98,5% das empresas nacionais são dessas modalidades).

A gerente da Unidade de Atendimento e Relacionamento do Sebrae (UAR), Helena Garcia, disse que a parceria vem em uma excelente hora em que se está ‘virando a chave’ no mercado, em função da pandemia. “Agora, tudo é no digital. As pessoas precisam aprender como vender, administrar, fazer marketing, acompanhar estoques, gerir a folha de pagamento, as relações trabalhistas, jurídicas e contábeis, se comunicar empresarialmente, para não quebrarem”, comentou.

A pandemia, que já vitimou mais de 200 pessoas em menos de um mês, restringe o atendimento presencial, por razões de saúde. “A prefeitura entendeu que nós somos a referência estratégica desses serviços entre os micros e pequenos empresários e está com a gente, através da Semtepi, que tem experiência em empreendedorismo”, afirmou Helena Garcia.

Em 28 dias de atividades online, o Sebrae superou 19 mil atendimentos digitais, um número expressivo, considerando que 22 mil atendimentos digitais era a meta anual da instituição nesta área. Isso evidencia a sua expertise nas ferramentas eletrônicas/remotas e a eficiência dos seus mais de 80 analistas envolvidos na operação diariamente, dentre eles dezenas de economistas, contadores, administradores, especialistas em marketing digital, jornalistas, relações públicas, entre outros profissionais.

Segundo o secretário executivo do Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação, Fábio Junio Pereira de Castro, “a prefeitura busca realizar parcerias, para a realização de projetos em prol dos empreendedores de Manaus. O entendimento da administração é que ninguém consegue alcançar bons resultados sozinho, notadamente, neste momento de pandemia”.

Ele destacou também que, mais do que nunca, a parceria com o Sebrae vem somar com os esforços da prefeitura para atender os empreendedores que estão em casa em virtude da prevenção da Covi-19, com dificuldades financeiras e impossibilitados em dar continuidade normal aos seus negócios.

Anúncio