Sebrae-AM faz parceria com o Conselho Federal de Contabilidade

Os parceiros pretendem qualificar 100 mil profissionais contábeis

Manaus – Na próxima sexta feira (30), as 14h, o Sebrae Amazonas inicia sua parceria com o Conselho Federal de Contabilidade, com o objetivo de ofertar soluções de capacitação para os profissionais contábeis e prepará-los para atuar na Rede de Atendimento Sebrae. A inscrição é gratuita e pode ser feita no endereço eletrônico www.sebrae.com.br/contadorparceiro .

Serão 80 horas de duração, no formato online, com um prazo para conclusão dos treze módulos de 18 meses. O projeto Contador Parceiro vai permitir uma atualização dos profissionais com as mais modernas ferramentas da área. Os participantes vão aprender a posicionar-se  frente às tendências de mercado; traçar estratégias de relacionamento digital; implantar técnicas de liderança; atuar em equipe e, principalmente, aprender como ser parceiro dos pequenos negócios.

(Foto: Reprodução/Freepik/jcomp)

Blocos temáticos

Serão 4 blocos, sendo que os blocos 1 e 2 abordam às questões relacionadas ao novo profissional,  como por exemplo: relacionamento digital e tendências de mercado; novas tecnologias; marketing de relacionamento; liderança e equipe; e o contador do futuro. O bloco 3, é como ser um consultor e atuar nos modelos de negócio; planejamento estratégico; análise de viabilidade econômica e financeira de negócios; bem como avaliação das empresas; e diagnóstico empresarial. No bloco 4, serão abordadas questões de Compliance e LGPD; contabilidade ambiental; custos e formação de preços; o contador do futuro; e fluxo de caixa e capital de giro.

Oportunidade

A diretora superintendente do Sebrae Amazonas, Lamisse Said Cavalcanti, entende “que é uma oportunidade extraordinária para atualização na área totalmente gratuita e com as técnicas mais modernas do setor”. Entre os micros e pequenos empreendedores, os contadores são fundamentais, porque colaboram para assegurar o amadurecimento dos pequenos negócios.

Metas

Os parceiros pretendem qualificar 100 mil profissionais contábeis em tema de gestão, empreendedorismo e inovação; habilitar 20 mil profissionais contábeis para atuar na rede de atendimento Sebrae; e impactar 5 milhões de pequenos negócios por meio dos profissionais contábeis.  Trata-se, também, de uma resposta ao mercado na pós pandemia da Covid-19.

Anúncio