Sebrae impulsiona bacia leiteira de Presidente Figueiredo

Instituição participou de Dia de Campo na Fazenda São José

Manaus – O Sebrae Amazonas realizou um dia de campo em Presidente Figueiredo e apresentou os avanços da bacia leiteira, com foco na produção de queijos coalho maturado, coalhada, iogurtes, ricota e melhoramento genético do rebanho leiteiro.

(Foto: Divulgação)

Mas também os avanços na produção de alimentos à base de milho para animais (cilagem), tratamento contra stress térmico antes e após a ordenha; bem como o apoio à comercialização na forma delivery dos produtos da Fazenda Agroindustrial São José, onde está instalado o Laticinio AmazoNat e local das atividades no dia 25 último, na rodovia AM-240 no km 45.

” Nós temos uma parceria de grande valor tecnológico com o produtor José Mário de Oliveira Resende, que entendeu que o Sebrae tem o conhecimento necessário, para que ele transforme o seu rebanho e produtos do laticinio, na maior força econômica do setor primário regional. E o Dia de Campo mostrou que ainda temos muito a fazer para suprir com matéria prima (leite) o maior empreendimento de base leiteira do município “, disse o gestor do projeto de pecuária e especialista em agronegócio do Sebrae, Erivan dos Santos Oliveira.

Segundo o fazendeiro José Mário Resende “o Sebrae tem sido o eixo tecnológico das suas atividades na fazenda, tanto com o rebanho, como também com a pastagem em relação ao teor de proteina no capim (o mais alto do Amazonas), e a implantação do sistema de produção de bio gás, a partir do esterco de mais de 300 animais. Eu preciso duplicar a minha produção de leite de 2.800 litros/dia para algo próximo a 6000 litros/dia, para atender a demanda do mercado, e isso passa pelo aumento da produção diária dos meus animais de uma media de 15 litros para o dobro”, salientou.

Produtividade leiteira

A gerente da Unidade de Atendimento Setorial (UAS) do Sebrae, Maria de Jesus Souza Vieira, disse ” que a bacia leiteira de Presidente Figueiredo está crescendo, porque o Sebrae está investindo em gestão,inovação, melhoramento genético e tecnologia de ponta na Fazenda Agroindustrial São José. Nós faremos a avaliação genomica do rebanho, para identificar os animais com alta produtividade leiteira, e também vamos auxiliar na produção do leite A2 A2 (para quem tem alergia da proteína do leite), e pretendemos elevar a produção diária de leite por animal, que poderá ser superior a 28 litros, como já acontece com vários animais locais que passaram pelo nosso programa de melhoramento genético”.

Manaus, na condição de maior mercado consumidor de alimentos da Amazônia Ocidental, tem necessidade de diminuir a dependência dos alimentos de origem leiteira de outros Estados, como Rondônia, por exemplo. E isso passa pelos investimentos em tecnologia, aquisição de conhecimentos como gestão, manejo, marketing e demais orientações do agronegócio, que o Sebrae dispõe.

Contrato

A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes, entendeu que deveria melhorar o empreendedorismo no setor primário e fez um contrato com o Sebrae, que está prestando consultoria nas áreas de agricultura familiar, psicultura e pecuaria no município.

“O dia de campo no setor leiteiro, na maior fazenda produtora de produtos lácteos, nos mostrou que estamos no caminho certo para fortalecer o nosso setor primário” salientou Patrícia Lopes.

Anúncio