Semsa faz chamada emergencial de 60 profissionais para UBSs

Ao divulgar a convocação, o prefeito Arthur Virgílio Neto anunciou o lançamento de mais um processo seletivo para a contratação de médicos e outros profissionais de saúde

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto anunciou, nesta terça-feira (21), a convocação emergencial de 60 profissionais para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde do município, ao mesmo tempo que revelou a elaboração de novo edital de Processo Seletivo Simplificado (PSS) para mais 75 profissionais da saúde.

Ao todo, quatro enfermeiros e 56 técnicos em enfermagem, do cadastro de reserva do Processo Seletivo Simplificado (PSS) nº 002/2017, convocados, nesta terça, ingressarão emergencialmente para suprir parte dos 232 servidores estaduais que serão exonerados no próximo dia 31 de maio.

Arthur convoca 60 para UBSs e novo edital vai abrir 75 vagas (Foto: Divulgação/Semcom)

Na próxima semana, a Semsa lançará o edital do (PSS) para contratação temporária de 75 profissionais de saúde, sendo cinco médicos, 12 cirurgiões-dentistas, 40 auxiliares em saúde bucal e 18 auxiliares de patologia clínica, todos em regime de 40 horas. O início do período de inscrições está previsto para 3 de junho e os selecionados deverão começar a trabalhar em agosto deste ano.

Com essas contratações emergenciais, o impacto na folha de pagamento da Semsa, até dezembro de 2019, será de aproximadamente R$ 4,7 milhões.

A exoneração de 232 servidores, de um total de 240 da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) que atuava em 21 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), a contar do dia 31 de maio, foi publicada na Portaria nº 223/2019, da Susam, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), de 17 de abril, o que levou à convocação emergencial da Prefeitura .

O prefeito disse que o Governo do Amazonas demitiu de forma muito rápida os 232 servidores do Estado que atuavam em UBSs da Prefeitura. “Faremos os remanejamentos internos para mantê-las funcionando”, afirmou Arthur.

A Prefeitura possui servidores da saúde cedidos em órgãos do Estado como a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam), Fundação Hospital Adriano Jorge e Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCecon), entre outros. Mas, Segundo o prefeito, nenhum servidor do município será retirado de órgãos do Estado.

A convocação foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) de terça-feira (21). Os convocados deverão comparecer, entre 23 de maio e 6 de junho, à Gerência de Gestão do Trabalho da Semsa, na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, nº 1.695, zona centro-sul. Eles vão atuar, temporariamente, em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde (EAS) e na Estratégia Saúde da Família (ESF).