Serasa lança serviço de crédito onde o imóvel pode ser usado como garantia

A fintech Bcredi é a primeira dentro do marketplace a oferecer a modalidade de empréstimo por garantia de imóvel, com taxas de juros mais baixas e vantajosas (de 1,14% a 1,80% ao mês)

Brasília – O Serasa Empreendedor – braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor – lançou a Bcredi na sua plataforma de contratação de crédito 100% digital. A fintech é a primeira dentro do marketplace a oferecer a modalidade de empréstimo por garantia de imóvel, com taxas de juros mais baixas e vantajosas (de 1,14% a 1,80% ao mês) quando comparadas a outras alternativas. No primeiro semestre de 2018, a Bcredi registrou um aumento de 262% no número de contratos deste tipo. A expectativa da fintech é de que a entrada na plataforma do Serasa Empreendedor ajude a alcançar a meta de originar R$ 15 milhões por mês até o fim de 2019.

Cliente pode contratar até 50% do valor do imóvel (Foto: Jair Araújo 11/08/08)

A Bcredi possibilita ao cliente contratar um empréstimo de até 50% do valor do imóvel – próprio ou financiado – com pagamento parcelado em até 15 anos. Além das condições diferenciadas, a fintech emite o contrato dentro de dez dias úteis. Cada pedido passa por uma análise individual e todo o processo é realizado online, desde a etapa de simulação e análise de crédito até a liberação do dinheiro na conta-corrente do cliente.

“O crédito é fundamental para o crescimento das empresas e o nosso o objetivo é facilitar e agilizar o acesso a esse recurso, promovendo o uso consciente e sustentável. Estamos aumentando e diversificando as opções dentro da plataforma para que o microempreendedor possa de forma gratuita buscar, comparar e contratar a melhor proposta de acordo com as suas necessidades”, afirma o vice-presidente de Micro, Pequenas e Médias Empresas da Serasa Experian, Victor Loyola.

O empréstimo com garantia de imóvel requer de empresas a apresentação de um bem imobiliário – que pode ser de pessoa física – como condição para concessão de crédito sempre parcial ao valor total do que ficará alienado. Ao dispor da praticidade do processo digital e da flexibilidade de condições, esta modalidade tem se destacado entre as opções de acesso a recursos que viabilizam, além, do incremento do capital de giro, investimentos voltados à modernização e ampliação do negócio, ou à implementação de um novo projeto.

“A entrada da Bcredi na plataforma da Serasa nos coloca ainda mais perto dos pequenos e médios empresários, que já representam 70% da nossa carteira de crédito”, afirma Maria Teresa Fornea, CEO da Bcredi.

Anúncio