Startup de compartilhamento de veículos chega à Região Norte do Brasil

Maior plataforma de compartilhamento de veículos da América Latina funciona como fonte de renda extra

Manaus – A startup moObie, que está no mercado há pouco mais de dois anos, oficializa o início de suas operações na Região Norte do País. Agora, moradores do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins podem ofertar seus automóveis para alugar no aplicativo a outras pessoas físicas; da mesma forma, usuários da empresa poderão encontrar carros para alugar na região.   

O processo de expansão nacional da moObie ocorreu aos poucos. Primeiro, a empresa iniciou o serviço em oito cidades. Após a boa receptividade do público, foi a vez de anunciar a moObie nas capitais brasileiras. Agora, a plataforma passa a atender todas as regiões do Brasil, suprindo até mesmo áreas onde serviços de carona não estão presentes.

O início da operação na Região Norte ocorre à medida que o conceito de carsharing passa a ser cada vez mais compreendido pelos brasileiros como uma alternativa de geração de renda para pequenas empresas e pessoas físicas que estão com o carro sem uso na maior parte do tempo.

Nova plataforma chega a Região Norte do País (Foto: Divulgação)

“A moObie serve como um investimento: ao alugar o carro que está parado na garagem, o parceiro garante uma renda extra sem precisar dirigir o veículo. O retorno financeiro serve como renda complementar e até como forma de custear o próprio carro. Temos parceiros em diferentes estados brasileiros que chegam a ganhar de R$ 800 até R$ 2.000 mensais alugando o próprio carro”, explica Tamy Lin, CEO e fundadora da empresa.

Atualmente, os números consolidados da plataforma em todo o País soma mais de 350 mil usuários e mais de 25 mil veículos cadastrados para locação.  

Como funciona

 A locação acontece de Pessoa para Pessoa (P2P) por meio de um aplicativo intuitivo e prático. O condutor que precisa de um carro cadastra o cartão de crédito e a CNH pelo celular, que é avaliada pelo time da moObie quanto à validade e regularização, além de outros critérios que garantem a segurança da comunidade.

O proprietário cadastra seu carro que passa por uma validação na qual são verificados a situação junto ao Detran/Denatran, vigência do seguro e critérios de elegibilidade (</= a 2009 e menos de 100 mil km rodados), com outros critérios também sendo avaliados pela equipe da moObie.

Depois de cadastrado, o interessado acessa o aplicativo para buscar o veículo disponível mais indicado à sua necessidade em um mapa de localização, verifica preço e solicita a reserva. Do outro lado, o dono visualiza o pedido e tem autonomia para aceitar ou não a solicitação na data especificada, de acordo com sua disponibilidade. O pagamento é feito no ato da confirmação da reserva via cartão de crédito do condutor e entra na conta do proprietário do carro cadastrada na moObie em datas pré-definidas.

No ato da entrega das chaves, é realizado um check in no próprio aplicativo e na devolução é feito check out via celular. O carro deve ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue, limpo e abastecido. Caso haja infração ou acidente durante a locação, há processos preestabelecidos. O número da habilitação do usuário fica registrado e o carro está segurado durante todo período de locação. Se houver sinistro, a seguradora da moObie é a responsável e não a do proprietário. E se houver infração, os pontos vão para o usuário, não para o dono do carro.