Vendas de veículos automotores têm queda de 6% em abril, aponta Fenabrave

Dados foram divulgados hoje pela Fenabrave

São Paulo – As vendas de veículos automotores novos tiveram queda de 6,07% em abril em comparação ao mesmo mês do ano passado. Foram comercializados 270.560 veículos, ante 288.045 em abril de 2021. Em comparação a março último, o declínio foi menor, de 1,11%. Já no acumulado do ano (de janeiro a abril), as vendas somam 996.900 unidades, 7,18% a menos do que o registrado no mesmo período do ano passado. Os dados divulgados hoje (3) são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).blank

blank

(José Cruz/Agência Barsil)

“Temos notado uma recuperação gradativa nos emplacamentos. Apesar de ainda estarmos em retração, no acumulado do ano, notamos que, no fechamento do primeiro bimestre de 2022, o volume estava cerca de 13% menor se comparado a igual período de 2021. Agora, a retração caiu para pouco mais de 7%, o que sinaliza um movimento de retomada”, destacou o presidente da Fenabrave, Andreta Jr.

Setores

As vendas de automóveis e comerciais leves tiveram queda de 16,8% em abril, em comparação ao mesmo mês do ano passado. Em relação a março, houve alta de 1,08%. No acumulado do ano (de janeiro a abril), o declínio foi de 22,8% em comparação ao mesmo período do ano passado.

A comercialização de caminhões também caiu em abril: as vendas foram 4,4% menores do que o registrado no mesmo mês de 2021. Em relação a março de 2022, a queda foi de 7,4%. No acumulado do ano, a retração foi de 1,57%.

Já as motocicletas tiveram elevação nas vendas de 13,7% em abril em comparação ao mesmo mês de 2021. Em relação a março de 2022, houve queda de 2,13%. No acumulado do ano (de janeiro a abril), a comercialização de motocicletas teve alta de 27,4%.

Tratores e máquinas agrícolas, por não serem emplacados, apresentam dados com um mês de defasagem. Em março, as vendas foram 16,7% maiores do que no mesmo mês de 2021. Em relação a fevereiro, houve queda de 7%. Já no acumulado do ano (janeiro a março), foi registrada elevação de 29,9% nas vendas.

Anúncio