Vendas do comércio voltam a cair em março, aponta IBGE

Desempenho ruim foi puxado pelo setor de móveis e eletrodomésticos

Brasília – O volume de vendas do comércio varejista no Brasil caiu em março, após ter tido melhora em fevereiro. É o terceiro resultado negativo nos últimos quatro meses. O desempenho ruim foi puxado principalmente pelo setor de móveis e eletrodomésticos, cujas vendas despencaram.

Vendas do comércio voltam a cair em março, aponta IBGE (horário sugerido) (Foto: Divulgação / Marcos Lima)

Conforme a PMC (Pesquisa Mensal de Comércio), feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e divulgada nesta sexta-feira (7), em março as vendas no setor tiveram queda de 0,6%. Com o resultado deste mês, as vendas registram baixa de 0,6% no primeiro trimestre e alta de 0,7% no acumulado dos 12 meses.

Sete das oito atividades investigadas pela pesquisa apresentaram recuo. O setor de móveis e eletrodomésticos viu suas vendas despencarem 22%. O gerente da pesquisa, Cristiano Santos, explica que essa atividade foi muito influenciada pelo comportamento dos consumidores durante a pandemia.

“No primeiro momento, o setor teve um crescimento acentuado porque, estando em casa, as pessoas repuseram muita coisa tanto em móveis quanto em eletrodomésticos. Mas passada essa primeira fase, não há crescimentos tão expressivos assim. E, quando as vendas diminuem, o setor costuma fazer promoções. Então houve um aquecimento das vendas em fevereiro e essa queda em março”, diz.

Anúncio