‘Auxílio Conectividade’ começa a ser pago aos professores em abril, garante David Almeida

O auxílio no valor de R$ 700 será pago diretamente no contracheque, em 10 parcelas mensais de R$ 70, compreendendo os meses de março a dezembro de 2021

Manaus – Cerca de dez mil professores da Prefeitura de Manaus passarão a receber a partir deste mês o ‘Auxílio Conectividade’, instituído pela Lei Municipal nº 2.733, sancionada pelo prefeito David Almeida, e regulamentado pelo Decreto nº 5.061. O auxílio no valor de R$ 700 será pago diretamente no contracheque, em 10 parcelas mensais de R$ 70, compreendendo os meses de março a dezembro de 2021, totalizando um investimento anual de R$ 7 milhões na valorização do professor municipal.

“Em razão da pandemia, os nossos professores estão tendo que se reinventar para manter a educação dos seus alunos. Esse auxílio dará aos profissionais da educação mais tranquilidade para seguirem lecionando mesmo com as limitações impostas pela pandemia. Além de permitir que eles possam, com a conexão de internet garantida, buscar mais qualificação profissional por meio de cursos online. Quem ganha com isso é a educação de Manaus”, afirmou o prefeito David Almeida.

O investimento anual será de R$ 7 milhões na valorização do professor municipal (Foto: Mário Oliveira / FMS)

De acordo com o decreto, serão contemplados com o benefício professores e pedagogos lotados nas unidades escolares da rede municipal de ensino, secretários escolares, gestores escolares e assessores pedagógicos lotados nas Divisões Distritais Zonais (DDZ). O auxílio será pago aos professores de acordo com o CPF.

Segundo o chefe da Divisão de Pessoal, Thiago Correia, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) já está trabalhando para identificar os servidores que receberão o auxílio e garantir o pagamento no mês de abril, retroativo ao mês de março.

“Estamos trabalhando com todos os parâmetros definidos pela lei para garantir que os servidores recebam ainda este mês as duas primeiras parcelas do auxílio. Seguindo a orientação do prefeito David Almeida, demos prioridade a essa regulamentação e a prefeitura vai pagar o retroativo do mês de março. Com isso, em abril os contemplados vão receber R$140 e nos próximos meses o valor de R$70 para contratarem um plano de internet sem precisar tirar do próprio bolso”, explicou.