Governo Federal inclui profissionais da Educação em grupo para vacina

Profissionais foram incluídos na lista de serviços essenciais. Informação foi confirmada pelo ministro Milton Ribeiro nas redes

Brasília – O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) incluiu os trabalhadores da área de Educação na lista de serviços essenciais e no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19. A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em post compartilhado nas redes sociais.

O documento do Ministério da Saúde foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) com o detalhamento de quais grupos terão prioridade para a vacinação contra o coronavírus.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Milton Ribeiro (@mribeiro.mec)

De acordo com informações divulgadas pela agência Reuters, a Secretaria de Vigilância em Saúde, do ministério da Saúde, por meio de nota afirma que “principalmente no ensino básico, esses profissionais possuem contato com muitos alunos simultaneamente, é de extrema relevância a vacinação dos trabalhadores da educação.”

A manifestação do governo foi tomada no âmbito de uma ação movida pela Rede Sustentabilidade que cobra um detalhamento das ações e de qual a prioridade de vacinação contra Covid-19. O processo é relatado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Anúncio