Marinha abre 960 vagas para o curso de formação de soldados fuzileiros navais

A primeira etapa do processo seletivo consiste em exame de escolaridade, com provas de Português e Matemática, a ser realizado no dia 28 de maio de 2019

Manaus – A Marinha do Brasil, por intermédio do Comando do Pessoal de Fuzileiros Navais inicia, nesta quinta-feira (27), inscrições para o concurso de admissão às turmas 1 e 2 de 2020 do curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. As inscrições para as 960 vagas estarão abertas até o dia 28 de março, contemplam o 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Manaus e poderão ser feitas clicando aqui ou presencialmente, nos endereços listados no edital.

Curso terá duração de 17 semanas (Foto: Divulgação)

Entre os principais requisitos para inscrição estão: ser brasileiro do sexo masculino, com idade de no mínimo 18 e no máximo 21 anos em 1º de janeiro de 2020, e ter o Ensino Médio completo. No momento da inscrição, o candidato poderá optar para concorrer às vagas dos seguintes locais para servir inicialmente: Unidades da Marinha no Rio de Janeiro, Unidades da Marinha em Brasília, Grupamento de Fuzileiros Navais de Rio Grande, 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Manaus, 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas em Belém, Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, Grupamento de Fuzileiros Navais de Natal, Grupamento de Fuzileiros Navais de Salvador e Batalhão de Defesa NBQR de Aramar.

O curso de formação terá a duração de 17 semanas e será realizado em órgãos de formação do Corpo de Fuzileiros Navais no Rio de Janeiro e em Brasília, em regime de internato e dedicação exclusiva até o dia da formatura. Vale ressaltar que a distribuição das vagas ocorrerá de acordo com as necessidades da Administração Naval.

A primeira etapa do processo seletivo consiste em exame de escolaridade, com provas de Português e Matemática, a ser realizado no dia 28 de maio de 2019. Os aprovados na etapa inicial passarão ainda por verificação de dados biográficos e de documentos, teste psicológico, inspeção de saúde e teste de suficiência física.

Durante o curso, além de serem proporcionados alimentação, uniforme e assistência médico-odontológica, o recruta fuzileiro naval receberá remuneração atinente à sua graduação, como ajuda de custo para suas despesas pessoais.