Organize a rotina de estudos durante o ensino híbrido

Saiba como manter a produtividade e criar uma rotina eficiente tanto na escola quanto em casa

São Paulo – A retomada progressiva das aulas presenciais já é realidade em algumas escolas do país. Para se adaptar novamente à sala de aula e ainda manter o foco no ensino online, estudantes precisam organizar sua rotina de estudos e criar estratégias adequadas ao  modelo híbrido. Esse momento requer do aluno ainda mais disciplina para se acostumar com a alternância dos ambientes de estudo.

(Foto: Reprodução / Internet)

A orientadora educacional Bianca Ventura separou sete dicas para ajudar os estudantes a manterem um bom desempenho durante a retomada. Confira:

  1. Cuidados em casa

Para não perder o foco nos dias que estiver em casa, escolher um bom ambiente para assistir as aulas é fundamental. “Organize seu espaço de estudos antecipadamente; separe seus materiais e deixe à vista algo que te inspire. Se puder, escolha um lugar silencioso, com boa iluminação e ventilação natural”, sugere Ventura.

  1. Repense sua rotina

Aquilo que antes servia para o ensino online, realizado apenas em casa, pode não ser eficiente para o modelo de ensino híbrido. Voltar para as aulas presenciais toma mais tempo do estudante, já que ele precisa se locomover e se preparar com os cuidados necessários para entrar na escola. Por isso, é importante repensar sua rotina e formular um novo cronograma, considerando as questões logísticas e estabelecendo um planejamento do que será feito a cada dia. Isso contribui para um controle maior dos conteúdos que precisam ser revisados e ajuda o estudante a criar hábitos saudáveis de estudo sem se sobrecarregar.

  1. Experimente diferentes estratégias

Criar uma rotina de estudos eficiente também é um processo de acertos e erros. É preciso ir testando aquilo que funciona melhor para você e que se adequ melhor ao seu estilo de vida. “As pessoas têm diferentes habilidades, e cada área do conhecimento pede uma forma diferente de estudo. Diversifique seus métodos de aprendizado até encontrar as estratégias com as quais você se sente mais à vontade. Experimente mapa mental, resumo, fichamento, gravação em vídeo, realização de listas de exercícios, revisão de aulas gravadas, vídeos de fontes confiáveis, etc.”, aconselha Bianca.

  1. Equilibre estudo e descanso

Estudar durante várias horas seguidas pode ser desgastante e pouco eficiente para assimilar o que foi dado em aula. Para evitar uma sobrecarga física e mental, ainda mais nessa nova rotina, procure dividir o volume de estudos ao longo da semana, estipulando sempre alguns minutos de intervalo para descanso. Os momentos de pausa são importantes na construção de uma rotina equilibrada e consistente, além de ajudarem o estudante a manter um ritmo maior de produtividade ao longo do dia.

  1. Crie associações para cada conteúdo

Para Bianca, não existe aprendizagem significativa que aconteça de modo passivo. É necessário que o estudante pense em algo concreto para assimilar ao conteúdo visto em sala de aula. “O estudo exige um esforço de reelaboração intelectual das informações acessadas por meio dos sentidos. Criar uma música ou uma representação gráfica do que foi estudado, por exemplo, são formas de mobilizar os conhecimentos adquiridos e favorecer a memorização”, explica.

  1. Entenda que erros fazem parte do processo

Dúvidas são uma parte natural e esperada do processo de aprendizagem. Não se fruste com erros, use-os a seu favor na hora de entender os conteúdos. Lembre-se também que toda dúvida é válida, não hesite em pedir ajuda para seus professores e colegas. Enquanto no presencial essas dúvidas podem ser tiradas em sala de aula, não deixe de esclarecer o que não entendeu por estar no ambiente online.

  1. Explique e ensine o que aprendeu

“Transmitir conhecimento é alcançar o nível mais alto de abstração, ou, em outras palavras, a melhor forma de você aprender de verdade. Vale explicar para seus irmãos ou colegas, gravar um áudio como se fosse um podcast ou até um vídeo com imagens e legendas”, afirma a orientadora. O estudo em grupo é uma boa forma de dividir aprendizados e fixar aquilo que foi apresentado em aula. Explore diferentes plataformas e redes sociais para criar grupos de estudos online.

Anúncio