Portões nos locais de prova já estão fechados no primeiro dia do Enem

Exame começa às 13h30 e termina às 19h (horário de Brasília)

Brasília- Os portões acabam de ser fechados para as provas do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste domingo (5), serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, ciências humanas e redação.blank

blank

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

As provas começam às 13h30 e terminam às 19h, no horário de Brasília. Antes do início da prova, são realizados procedimentos de segurança, como fiscalização dos lanches e conferência dos documentos de identificação já apresentados para o acesso à sala.

Segundo as regras do exame, os participantes só podem deixar a sala de provas, em definitivo, duas horas após o início da aplicação, às 15h30. Só é permitido sair com o Caderno de Questões nos 30 minutos finais da aplicação, ou seja, às 18h30.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mais de 3,9 milhões de pessoas estão inscritas para fazer o Enem este ano. Ao todo, são 9.399 locais de prova e 132.456 salas de aplicação, em 1.750 municípios, nas 27 unidades da federação.

Atrasos

Andrea Umbelino, de 52 anos, saiu da Ilha do Governador e chegou logo após o fechamento dos portões na Universidade Veiga de Almeida, na Tijuca, zona norte do Rio. “Peguei muito trânsito. A Linha Vermelha estava toda parada. Vim pela Avenida Brasil”, relatou.

Ela já é formada em Pedagogia e dá aulas na prefeitura. A ideia de fazer o Enem veio com o propósito de se aperfeiçoar em Libras. Ela tentaria uma vaga no curso de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). “O importante é que meu filho já chegou lá no destino dele. Está dentro da sala. O importante era ele, não sou eu”, contou, fazendo referência ao filho que também faz a prova neste domingo (5), no bairro Penha.

Para a candidata Katilene de Oliveira Gomes, o problema foi o trem. “Quase 40 minutos de demora”, relatou após não conseguir ingressar no local de prova. Ela saiu de Bento Ribeiro. “Eu ia tentar Enfermagem. Já faço licenciatura em Biologia, na Unig, em Nova Iguaçu, sou bolsista”, contou à Agência Brasil.

Anúncio