Revalida 2021: prazo para pagamento de taxa termina nesta quarta-feira

Pagamento de R$ 330 deve ser feito com Guia de Recolhimento da União em qualquer agência bancária, lotérica ou correios

São Paulo – Termina nesta quarta-feira (16) o prazo para pagamento da taxa de inscrição dos médicos que se inscreveram no Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira) 2021. O pagamento dos R$ 330 da taxa deve ser feito por meio de GRU Cobrança (Guia de Recolhimento da União), em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios.

O boleto pode ser gerado por meio do sistema do exame, disponibilizado no site.

Revalida tem por objetivo revalidar os diplomas de graduação em medicina expedidos no exterior (Foto: © Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Aplicado desde 2011, o Revalida tem por objetivo revalidar os diplomas de graduação em medicina expedidos no exterior. O exame avalia habilidades, competências e conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e às necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ele é composto por uma etapa teórica e outra prática, abordando, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

Requisitos

Entre os requisitos necessários para o Revalida o candidato deve ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil; enviar imagens do diploma (frente e verso), como solicitado pelo sistema de inscrição; e ter registro no CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) emitido pela Receita Federal do Brasil.

É também necessário que o candidato seja portador de diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo de Apostilamento da Haia, regulamentado pela Convenção de Apostila da Haia, tratado internacional promulgado pelo Brasil por intermédio do Decreto nº 8.660, de 29 de janeiro de 2016.

Etapas

A aplicação da primeira etapa do exame está prevista para o dia 5 de setembro, em oito capitais: Brasília, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio Branco, Salvador e São Paulo. O participante deverá indicar a cidade onde deseja realizar o exame, por meio do Sistema Revalida, no momento da inscrição.

Na primeira etapa, os participantes realizam duas provas escritas: uma objetiva e outra discursiva. A segunda etapa consiste em uma prova de habilidades clínicas. Somente os aprovados na primeira etapa poderão participar da segunda fase. Se o candidato for reprovado na segunda etapa, ele poderá se reinscrever diretamente nessa fase, nas duas edições consecutivas.

Conforme o edital, o participante aprovado na segunda etapa estará apto a prosseguir no processo de revalidação do diploma junto a uma das universidades parceiras. A relação das instituições será disponibilizada no Sistema Revalida e o participante aprovado deverá indicar a universidade em que deseja prosseguir com a revalidação de seu diploma.

Resultado

De acordo com o edital, a previsão é de que o resultado final da primeira etapa seja divulgado no dia 19 de novembro. Os candidatos que conseguirem passar na primeira etapa do exame estarão credenciados para a etapa prática, a Prova de Habilidades Clínicas.

Anúncio