Vetor dá dicas aos candidatos ao Enem, que encerra as inscrições nesta quarta-feira

“Os candidatos não podem se deixar desestimular pelas incertezas do momento”, alerta o coordenador pedagógico Albervan Cidrônio

Manaus – Com 90% de aprovação dos estudantes, o Vetor Centro de Estudos preparou algumas dicas para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados em participar das provas tem até esta quarta-feira (27) para realizar a inscrição por meio da internet, no site https://enem.inep.gov.br/.

(Foto: Divulgação)

O exame estava previsto para ser realizado em novembro deste ano, mas em razão dos impactos ocasionados na sociedade pela pandemia de Covid-19, o Ministério da Educação (MEC) decidiu pelo adiamento por 30 a 60 dias. As datas serão definidas após enquete que será feita com os participantes inscritos, no final de junho.

“Independente disso, é importante que os candidatos tenham em mente que a prova vai acontecer até janeiro de 2021 e já temos as possíveis datas”, destacou o coordenador pedagógico do pré-vestibular Vetor Centro de Estudos, Albervan Cidrônio.

Ele ainda observa que essa mudança de data deve, inclusive, atingir os vestibulares que usam o exame como parâmetro. Entretanto, algumas dúvidas ainda trazem insegurança aos candidatos, entre elas, se haverá mudanças no número de questões ou se a prova será de um ou dois dias.

“A prova do Enem já está pronta, porque o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) utiliza um banco de questões para produzi-la desde 2016, e fazer uma mudança no formato agora irá gerar custos para órgão”, comenta Cidrônio.

As provas do Inep são elaboradas por professores de universidades públicas e privadas de todo o país. Todas as questões passam por uma revisão do Inep e devem seguir os critérios de objetividade, possuir um texto introdutório e cinco alternativas, sendo que somente uma é a correta. O conteúdo de todas as perguntas da prova deve estar relacionado às disciplinas do Ensino Médio.

No Enem 2020, serão aplicadas duas modalidades de provas, a impressa e a digital. Até o momento, está mantida a estrutura dos dois exames. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. A redação será manuscrita, em papel, nas duas modalidades. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol.

“Os candidatos não podem se deixar desestimular pelas incertezas do momento, porém é essencial lembrar que essa não é a única porta de entrada para uma universidade pública, há ainda o vestibular da UEA (Universidade Estadual do Amazonas) e a nota dela é independente do resultado do Enem, se tornando uma chance a mais para quem sonha com a aprovação”, assegura o coordenador do Vetor Centro de Estudos.

Além disso, dependendo do objetivo e da disponibilidade financeira do candidato, há ainda os outros vestibulares do Brasil, como o da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que vale para quem quer ingressar na Universidade de São Paulo (USP), e o da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

“A maioria dos nossos alunos já realizou a inscrição ao Enem, porque apesar do isolamento social, continuaram com a rotina de estudos através da nossa plataforma de Ensino a Distância (EaD). Somos o único cursinho que efetivamente não paralisou as aulas por conta da pandemia, continuamos trabalhando com o empenho de toda a equipe de professores”, afirma Albervan.

Albervan ressalta que é essencial que o candidato esteja preparado e continue com foco nos estudos. “Deve aproveitar esses três próximos meses para continuar se aprofundando nos estudos e deixar a revisão para a reta final. Uma dica para quem ainda não concluiu o Ensino Médio é que a adaptação será essencial, já que com o retorno das aulas se aproximando, as instituições, que ficaram de portas fechadas por mais de dois meses, irão correr contra o tempo repondo o conteúdo”, sugere.

Entre as alternativas de preparação está o Vetor EaD, que já tem mais de 1.000 vídeos com as aulas digitais, onde o aluno pode assistir pelo computador ou smartphone, além material didático, chat para tirar dúvidas e acompanhamento pedagógico diário. Os alunos do cursinho também contam com a ajuda da plataforma ‘estuda.com’, onde tem acesso a provas, simulados, vídeos e infográficos com resumos, entre outras vantagens que fazem toda a diferença na hora da preparação para o vestibular. Para mais informações: (92) 99312-0762 ou através do Instagram @centrodeestudosvetor e no Facebook https://www.facebook.com/CentrodeEstudosVETOR/.