TSE apresenta instabilidade em sistema de apuração

A falha ocorre pouco mais de uma hora após a totalização de votos na maior parte dos municípios do País

Manaus – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) esclareceu, por meio de nota, que o atraso para a divulgação dos resultados da eleição se deve a uma “lentidão no processo de totalização dos votos”. A Corte afirmou que os dados estão sendo remetidos normalmente pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e recepcionados também normalmente pelo banco de totalização. Mas explicou que esse banco está somando o conteúdo de forma mais lenta que o previsto.

“O problema está sendo resolvido pelos técnicos, para a retomada mais célere do processo de divulgação”, afirmou por meio de assessoria.

A Corte ainda ressaltou em nota que a dificuldade não tem nenhuma relação com o vazamento de dados pessoais de servidores ou com a tentativa de ataque cibernético registrada pela manhã.

(Foto: © Antonio Augusto/Ascom/TSE)

Neste ano, o pleito conta com uma novidade no processo de totalização dos votos. Agora, essa etapa está concentrada no data center do TSE, enquanto que nos últimos pleitos o processamento era feito nesses sistemas dos TREs. Ou seja, houve uma redução de 27 pontos de totalização para um.

No sábado, o secretário de tecnologia da informação do TSE, Giuseppe Janino, afirmou que a mudança traria várias vantagens, como na “economicidade, segurança, gerenciamento, e na agilidade”.

Atualizado 19h54

Anúncio