‘Amazon Abu Dhabi Trial Jiu-Jitsu 2020’ abre inscrições em Manaus

Evento de Jiu-Jitsu será realizado em 3 de outubro deste ano. O valor da inscrição é de R$50 por atleta, segundo organização

Manaus – Estão abertas as inscrições para o maior evento de Jiu-Jitsu do Amazonas. O Amazon Abu Dhabi Trial Jiu-Jitsu 2020 será realizado no dia 3 de outubro, às 18h no heliporto de um hospital ainda não inaugurado, localizado na avenida André Araújo, bairro Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus. A competição é de livre peso (absoluto) e restrita a atletas de Jiu-Jitsu de kimono.

Estão abertas as inscrições para o maior evento de Jiu-Jitsu do Amazonas. O Amazon Abu Dhabi Trial Jiu-Jitsu 2020 (Foto: Thiago Modesto / GDC)

O valor da inscrição é de R$50 por atleta, com limite de 15 atletas por categoria. O evento vai premiar os sete atletas vencedores com passagens aéreas para participarem da Abu Dhabi Grand Slam Prime, competição de alto nível que acontece no Rio de Janeiro de 4 a 6 de dezembro de 2020.

A finalidade do evento é contemplar o Amazonas com uma competição de alto nível, como explicou o coordenador Robert Pato. “Minha idéia desde 2010 é de trazer um grande evento para cá a nível Abu Dhabi e fazer a competição cair nas graças do povo amazonense”, afirmou. Uma triagem será feita para selecionar os atletas que vão participar. O pagamento da inscrição só será feito mediante aprovação da seletiva.

Por conta da pandemia da Covid-19, o evento não terá torcida e serão permitidos somente os atletas e alguns convidados. Todos passarão por exames, incluindo o de Covid-19 no dia da pesagem que acontece um dia antes da competição. Mais informações podem ser obtidas pelo número (92)982655503.

Preparação

Atletas de uma academia localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, estão treinando para o evento. O professor Carlos Holanda, que ensina Jiu-Jitsu tem expectativas altas para a participação de seus alunos na competição. “Eu nunca treino um atleta meu pensando negativamente, sempre pensando positivo e tenho certeza que vamos sair com êxito nessa competição”, afirmou.

O atleta Carlos Neto, 19, passou um tempo morando nos Estados Unidos onde treinou a arte marcial que aprendeu no Amazonas. Ele não esconde a ansiedade em participar do evento. “Estou muito ansioso para poder competir mais uma vez aqui na minha cidade e no meu Estado. O evento vai ser maravilhoso com grandes lutas e grandes atletas e eu estou motivado para conquistar essa passagem e esse título”, disse.

Atleta Carlos Neto, 19, passou um tempo morando nos Estados Unidos onde treinou a arte marcial que aprendeu no Amazonas. (Foto: Thiago Modesto / GDC)

O professor Carlos Holanda destacou a importância do evento mediante à falta de apoio sofrida por atletas amazonenses. “É uma boa oportunidade, a gente sabe que o grande karma dos atletas aqui em Manaus, ainda é o apoio, por mais que Jiu-Jitsu seja o esporte do nosso estado. Então quando aparece competição desse nível valorizando o atleta, a gente não pode perder a oportunidade”, finalizou o professor.

Professor Carlos Holanda destacou a importância do evento mediante à falta de apoio sofrida por atletas amazonenses.(Foto: Thiago Modesto / GDC)

Anúncio