Favoritos em campo na Arena da Amazônia

Em duelo de 1º e 2º colocados, Amazonas e Manaus fazem nesta quinta-feira (20), às 20h, o encontro mais esperado do primeiro turno. A partida marca encontro do melhor ataque contra a defesa menos vazada

Manaus – Nesta 7ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Amazonense 2020, o duelo entre Amazonas FC e Manaus FC, que ocorre nesta quinta-feira (20), às 20h, na Arena da Amazônia, é o mais aguardado até agora, principalmente por botar, de um lado, a Onça Pintada da zona leste, líder absoluto do estadual ,e do outro, o poderoso Gavião do Norte, segundo colocado na tabela de classificação.

Inclusive, os 16 pontos do líder, contra os 14, do vice, mostra também o nível das duas equipes, uma vez que as equipes ainda não conheceram o sabor amargo da derrota e estão invictos na competição.

Encontro desta quinta (20) terá treinadores com esquema de jogo ofensivo (Foto: João Normando/Divulgação)

O duelo entre as duas equipes também é um confronto direto entre ataque e defesa. Isso porque o caçulinha, Amazonas FC tem o melhor poder ofensivo, com 13 gols marcados e conta ainda com a presença do artilheiro do estadual, o atacante Daivison, com cinco gols anotados ao longo deste primeiro turno. Já o Manaus FC, tem a defesa menos vazada do torneio, com apenas dois gols sofridos.

O goleiro Oliveira, titular na eta aurinegra nos últimos jogos, não esconde que a expectativa criada pelos torcedores para a partida chegou aos atletas, porém, de acordo com o jogador, foi canalizada em vontade de vencer, mesmo que o empate já garanta o primeiro lugar e uma consequente vantagem no mata-mata.

“É o jogo mais esperado do campeonato e a nossa equipe vem trabalhando bastante focada. Nosso objetivo é vencer e levar uma vantagem para as semifinais. Para o clube é importante demais estar nessa situação, por ser muito jovem. Fomos campeões ano passado e esse ano esperamos continuar nesse caminho, conquistando dessa vez um calendário para o clube”, disse.

Do outro lado, o treinador Esmeraldino, Welington Fajardo, admitiu que espera um duelo mais aberto, justamente por conta do poder ofensivo do rival, principal diferencial do time Aurinegro, uma vez que as ouras equipes jogam mais retrancadas, o líder, segundo o treinador, gosta de sair para o jogo.

“Que vença o melhor. Independentemente de o Manaus ganhar ou não, é bom um time que queira jogar também. Porque ganha o futebol amazonense. Tivemos que mesclar bastante o time por causa da questão física, para não cansar os jogadores. Tive que fazer bastante ginástica, vamos dizer assim. Esperamos fazer um grande jogo contra a equipe do Amazonas”, completou.