Na Arena, Fast Clube é eliminado pelo Goiás

Rolo Compressor fez bom primeiro tempo, mas acabou derrotado pelo time Esmeraldino por 2 a 0; Daniel Bessa e Marcinho marcaram os gols da vitória

Manaus – Mesmo fazendo a melhor atuação na temporada, o Fast Clube não resistiu e acabou derrotado por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (5), pelo Goiás e se despediu da Copa do Brasil em partida realizada na Arena da Amazônia. Os dois gols foram marcados somente no segundo tempo, por Daniel Bessa e Marcinho.

Apesar da derrota, o clube amazonense embolsou mais de R$540 mil, que pode ser utilizado para trazer reforços para o Campeonato Amazonense e para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

O próximo compromisso do Rolo Compressor será neste domingo (9), contra o Princesa do Solimões, às 17h, no Estádio Gilbertão, no município de Manacapuru. O tricolor está na sexta colocação, a um ponto da zona de rebaixamento.

Início burocrático

Com a vantagem do empate, o Goiás entrou em campo jogando com o regulamento embaixo do braço, fazendo muitas trocas de passe nos primeiros minutos de partida, mas sem objetividade. Já pelo lado do Fast, a equipe iniciou retraída, apostando no contra-ataque para surpreender a equipe visitante.

Na etapa final

Já na volta para o segundo tempo, o Goiás decidiu enfim, jogar futebol e sem dificuldades, abriu o placar aos sete minutos do segundo tempo. Gilberto roubou a bola e passou para Marcinho que presenteou Daniel Bessa com um passe açucarado, para empurrar a bola para o fundo do gol. Apesar de ter tido algumas oportunidades, o time Esmeraldino matou o jogo aos 42 minutos.

Daniel Bessa deu lindo passe para Thalles que cruzou para área e encontrou Marcinho só empurrou para o gol vazio, dando, assim, número finais a partida e garantido a classificação do Goiás.

Anúncio