Após pressão, FAF suspende Campeonato Amazonense

A FAF, em comum acordo com os clubes, decidiram paralisar por 15 dias o Campeonato Amazonense 2020

Manaus – Depois de quase duas horas de reunião com os presidentes dos clubes de futebol do Estado, no fim da manhã desta terça-feira (17), na sede da Federação Amazonense de Futebol (FAF), no centro de Manaus, a entidade, em comum acordo com os clubes, decidiram paralisar por 15 dias o Campeonato Amazonense 2020. Após o período, uma nova reunião será feita.

Após a reunião, os clubes se mostraram favoráveis à paralisação, apesar das especulações de que não queriam interromper a disputa (Foto: Yago Frota/GDC)

A FAF estava pressionada já que, até a manhã, somente o Amazonas e o Acre não haviam se posicionado em relação aos torneios estaduais, onde no restante do país, estão paralisados por tempo indeterminado ou continuam com portões fechados. A mesma medida foi também adotada para o Estadual Sub-19.

Segundo o diretor de competições da FAF, Ivan Guimarães, em um primeiro momento, a maioria dos clubes amazonenses queria que o campeonato continuasse normalmente, com alguns clubes defendendo os portões fechados e outros com a presença dos torcedores. Mas o decreto do Governo do Estado pesou na decisão dos dirigentes.

“A maioria se mostrava a favor da continuação do torneio. Mas com o decreto do Governo (do Amazonas), isso fez com que os dirigentes mudassem de ideia. Primeiramente somente o Sub-19 seria paralisado, mas depois a medida também foi tomada para o profissional. Vimos que seria o melhor para o bem estar dos torcedores e de todos”, concluiu.

Mudança

Após a reunião, os clubes se mostraram favoráveis à paralisação, apesar das especulações de que não queriam interromper a disputa pelo título. A equipe de reportagem do GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO, entrou em contato com as assessorias e presidentes de todas as equipes que disputam o estadual, mas até o fechamento da matéria, somente cinco das oito equipes responderam.

Os clubes Iranduba da Amazônia e Amazonas FC, último e segundo colocado do returno, afirmaram, em nota, que votaram a favor da paralisação. A Onça-Pintada completou dizendo “que o momento pede uma reflexão além do âmbito esportivo, ressaltando a importância de seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e demais autoridades competentes”.

O São Raimundo EC, quinto colocado, disse que “expressa total apoio às medidas de saúde recomendadas pelo Ministério da Saúde e apoiará qualquer medida que vise proteger a população em relação ao Covid-19. Respeitamos a decisão da FAF de paralisar o Campeonato Amazonense neste momento”.

Em quarto lugar na tabela, o Nacional FC limitou-se apenas em dizer que “acatamos a decisão dos órgãos competentes”. O líder do returno, Penarol se pronunciou a favor da continuação das partidas, mas respeitou a decisão da paralisação por 15 dias.

Anúncio