Após suspensão por doping, Rafaela Silva é bicampeã mundial de judô

Rafaela Silva se tornou, neste sábado (8), bicampeã mundial da categoria até 57kg do judô

Uzbequistão – Após dois anos de suspensão por causa de doping, entre 2019 e 2021,  a brasileira Rafaela Silva voltou a disputar uma grande competição e se tornou, neste sábado (8), bicampeã mundial da categoria até 57kg do judô, em Taskhent, no Uzbequistão. Na final, ela derrotou a japonesa Haruka Funakubo com um lindo waza-ari.

(Foto: IFJ / Divulgação)

Na decisão, Rafaela quase perdeu por uma imobilização da japonesa. Faltando 30 segundos, a brasileira conseguiu um lindo waza-ari e assumiu a liderança do placar da luta. Depois, só controlou o combate para levar o título.

Rafaela Silva foi pega no exame antidoping durante os Jogos Pan-Americanos em 2019. Ela foi suspensa por dois anos e perdeu as Olimpíadas de Tóquio, no ano passado. No fim de 2021, a brasileira pôde voltar aos tatames e conseguiu grandes resultados, como a prata no Grand Slam da Hungria, o bronze no Grand Slam da Geórgia e o bronze no Pan-Americano.

A medalha deste sábado (8) é a terceira de Rafaela Silva em Campeonatos Mundiais. Em 2011, em Paris, ficou com a medalha de prata.Em 2013, foi campeã no Rio de Janeiro. Em 2019, ganhou o bronze na competição em Tóquio (Japão), mas perdeu essa conquista por conta do doping.

Anúncio